Pesquisar por palavra-chave

domingo, outubro 26, 2008

Amanhã, vai ser outro dia!

Se as pesquisas não estiverem "enganadas" ainda nesta noite, antes do Domingo Maior, Belém se apequena por mais quatro anos. Dudu, como é conhecido o falso médico que consultava pobres cidadãos como oftamologista e que já conseguiu a proeza de ter 3 CPF´s, derrotará nas urnas - que espera-se não falharem - o candidato do PMDB José Priante. O Zé, e sua campanha não acreditavam na possibilidade de irem para o 2º turno, onde esperava-se que Mário Cardoso estivesse, depois de desbacarem a candidata nº 1 do grupo de comunicação ORM - O Liberal. Zé pisou feio quando partiu pro ataque à Duciomar Costa que estava preparado para ironizar frequentemente como fez com as críticas que recebia do primo de Jader. Não precisou responder muito não. Duciomar gastou milhões que nunca poderíam ser declarados para afirmar-se no Palácio Antônio Lemos, onde um dia abrigou temporariamente de filhos da borracha aos cabanos. Com sua cara de Maçaramduba, Dudu tornou-se a personificação do sinismo do marketing eleitoreiro, o qual beira o crime por induzir ao erro tantas pessoas que votam neste país em verdadeiros delinquentes, como é o caso de Duciomar Costa. O Zé, patetou mas fez pior ao ignorar a força militante do PT e não liberar a bom tempo os recursos para que o partido fizesse a engenharia necessária para derrotar o amarelo. O governo de Ana Júlia, tido com o penúltimo na lista brasileira de aprovação segundo o Vox Populi, inclinou-se para a dita "neutralidade". Muito terá que ser explicado, mas é certo que a Pólis amanhecerá com um sol amerelo, não com a beleza de um girassol.