Pesquisar por palavra-chave

segunda-feira, março 16, 2009

Candidato de esquerda vence eleições em El Salvador

SAN SALVADOR - O jornalista e esquerdista Mauricio Funes se converteu no virtual ganhador das eleições presidenciais de ontem em El Salvador. Seu adversário, Rodrigo Avila, da governista Aliança Republicana Nacionalista (Arena), já admitiu a derrota. Funes é candidato da ex-guerrilheira Frente Farabundo Martí para a Libertação Nacional (FMLN). Segundo seu porta-voz, o atual presidente, Tony Saca, telefonou para cumprimentá-lo pelo triunfo. Em seu discurso de comemoração, Funes disse que trabalhará pelos pobres e pediu união aos compatriotas. "Ninguém pode tomar a pátria como bem próprio", sustentou.

Avila reconheceu a derrota para a esquerdista FMLN e disse que a Arena fará uma oposição construtiva ao próximo governo. Em entrevista coletiva, o presidente do Tribunal Supremo Eleitoral, Walter Araujo, informou que, com 90,68% dos votos apurados, o FMLN estava com 51,27% dos votos, e a Arena com 48,73%. "Quero ser o presidente da justiça social e da mudança segura", afirmou Funes. É hora de avançar para o futuro e deixar para trás as vinganças do passado."
Partidários da FMLN saíram às ruas para comemorar o triunfo. A direitista Arena governa o país desde 1989 e esta é a primeira vez que a FMLN, que entregou as armas em 1992, chega ao poder. O país passou por uma guerra civil de 12 anos (1980-92) que deixou cerca de 75 mil mortos. El Salvador tem 7 milhões de habitantes, e há outros 2,5 milhões de salvadorenhos que vivem atualmente nos Estados Unidos. O governo de Barack Obama já afirmou anteriormente que pretende trabalhar com qualquer dos eleitos.
Fonte: AE-AP - Agencia Estado