Pesquisar por palavra-chave

segunda-feira, abril 20, 2009

Fechou Vermelho de Sangue, Novamente

Pelos menos três conclusões este blog já pode ter sobre o recente conflito ocorrido na terra pertencente à união e invadida pela família do corrupto, ex-banqueiro e processado Daniel Dantas, um dos piores pilantras de paletó brasileiro, que só não está preso por que nossa justiça, além de vender liminares como quintandeiros vendem frutas é intimamente ligada aos grandes grupos capitalistas, motivos estes que explicam tamanha injustiça social em nosso país.
A primeira é que o MST jamais iria meter a cara para enfrentar pistoleiros armados, apenas com terçados e uma arma de fogo, se fossem realmente planejados à um conflito. Já sentira na pele, literalmente, do que o latifúndio é capaz.
A segunda é que a inteligência da polícia é burra, no mínimo, ou negligente, pois previamente sabia do cárcere privado em que se encontravam pelo menos 03 integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra, e nada fez de imediato para resgatá-los das mãos das milícias armadas, e por saber que logo ali, uma região notoriamente conflituosa, onde naquela fazenda já estavam acampados desde Fevereiro deste ano, quando souberam que aquela terra, antes pertencente á famosa família Mutran - que dispensa apresentações - tinha sido vendida ao grupo do marginal Daniel Dantas.
A terceira é que angustia ter que reafirmar o quanto o Estado Brasileiro ainda é conivente com a exploração, a violência, a humilhação, a exclusão e com todo tipo de barbárie, pela qual passa o povo deste país. As "grandes" empresas de comunicação, deturpam a realidade, parcializam suas opiniões em favor dos mais fortes e negam o direito de manifestação dos oprimidos. São legítimos cães de guarda do império latifundiário, madeireiro e escravocrata que persiste e cresce em nossas terras.
Que Deus nos salve e guarde, pois as leis, a justiça e o Estado já não o podem e por isso, já não deveriam mais serem sustentados.