Pesquisar por palavra-chave

quinta-feira, maio 07, 2009

CPI da Saúde tem um Minerva

O Vereador Henrique Soares (PMDB) integrante da Comissão de Justiça da CMB, acaba de dizer no programa Alerta Geral, que seu voto - de minerva - à favor ou contra a CPI da Saúde, dependerá de seu partido pois é ele que este representa.
Deveria ter dito isso à população, antes de se reeleger, o nacional que já pulou do ex-PFL ao PSDB e agora alojado no PMDB, lança essa máxima de desprezo ao compromisso com os 4.895 cidadões/eleitores, que o mantiveram na casa da noca de Belém, como diz o poster do Quinta.
A grave situação da saúde em Belém, é tida como tranquila pela base aliada e o fisiologismo do PMDB não dá garantias de que tão cedo deixaremos de presenciar mortes por falta de atendimento e a precariedade no atendimento na capital.
Dudu, o prefeito assassino, surfa no cume da arrogância coloca seus cães de guarda para barrarem a possível CPI, entre eles o presidente fantoche Casrlos Augusto, mas teme e dissimula tranquilidade, como se alguma coi$a houve$$e feito para $ilenciar, quem por obrigação deveria fiscalizar e legislar à favor do povo.
Com execção dos Vereadores Otávio Pinheiro (PT) e Fernando Dourado (DEM), a Comissão de Justiça que é formada por cinco vereadores, dos quais, dois da falange aliada do prefeito falsário, votaram contra o encaminhamento do processo que pode abrir a CPI por dentro da comissão, o que foi determinado por decisão do Juiz Antônio Carlos Castelo Branco, mandando desarquivar o pedido de CPI da saúde na Câmara Municipal de Belém e encaminhá-lo à Comissão de Justiça.