Pesquisar por palavra-chave

terça-feira, abril 20, 2010

A terra-firme

Do blog do presidente do PV-PA, Zé Carlos Lima, candidato à deputado este ano.

Você sabe onde fica o bairro da Terra Firme? Não! Pois eu te digo, fica depois de Canudos, indo à linha reta em direção do Rio Guamá, no sentido Oeste.

A Terra Firme limita-se com os bairros do Canudos, Guamá e Marco e é cortada de fora a fora pelo igarapé do Tuncunduba.

Anteriormente, este Bairro só era acessado por embarcações que adentravam pelo Rio Guamá. Nas margens do Igarapé, as pessoas foram fazendo portos e comércios, depois vieram às primeiras moradias.

Na década de 70 foi aberta a Estrada Perimetral que deu acesso pleno ao Bairro, abrindo-se uma nova opção de moradia perto do Centro. Rapidamente o Bairro foi ocupado de forma desordenada, atraindo o povo pobre dos municípios, principalmente de Acará e Bujaru.

A Terra Firme tem vida própria, feira, mercado, supermercado, lojas de tecidos, ferragens. Tudo que precisar lá o povo encontra. Não é necessário sair do Bairro para abastecer a dispensa. Parece até uma Cidade do Interior. Na Terra Firme a feira funciona de manhã e de noite. Qualquer hora se pode comprar de tudo, bucho, fígado, peixe, carne, açaí. A qualquer hora tem para comprar.

Tem três coisas que ocupa o povo da Terra Firme. O futebol é jogado nas arenas e nos campos da Ufra. Nos domingos, os boleiros saem batendo de casa em casa a procura dos craques, formam o time e vão até as arenas jogar.

Outra área muito requisitada é a da religiosidade, lá não sei se tem sinagoga, mas das outras religiões todas tem seus templos espalhados pelas ruas estreitas, cheias de poças d água. Os católicos têm uma Igreja grande em homenagem a São Domingos de Gusmão, mas quem faz a fama é o famoso pároco local, Padre Bruno Sechi, um anjo de Deus.

A animação mesmo fica por conta da área cultural. Tem bloco e escola de samba. Quadrilhas juninas famosíssimas. Boi bumbá. Pássaros. Teatro. Banda de Rock e de Techno. Grupo de chorinho e violão.

Tudo isso convivendo com a violência, assaltos, assassinatos de encomenda, foram 23 em pouco menos de um mês. Resultado da disputa de pontos de drogas.

O povo honesto é a maioria, mas a fama do Bairro, infelizmente, é feita pela minoria.

Andei nas casas das lideranças e das famílias. Comprometi-me com o Vereador Nonato Filgueiras na defesa deste belo Bairro e de sua bela gente.