Pesquisar por palavra-chave

sábado, junho 12, 2010

O império de Jader e o Nucléolo de Ana

anajuliapt13 @padilhando Com tanta boa vontade do PT em MG e MA, o PMDB deveria ser mais parceiro do PT. Especialmente onde o PT já é governo.

Governadora Ana Júlia "twitando" com Alexandre Padilha, Ministro da Secretaria de Relações Institucionais do governo Lula, que além de Santareno é ligado à Maria do Carmo, prefeita de Santarém-PA.

Na foto, Padilha está ao lado esquerdo da governadora Ana Júlia, na foto feita durante a posse do novo chefe da Casa Ciivl, o Santareno Everaldo Martins, que junto com o Ministro Mocorongo tem feito das tripas coração para reatar a aliança PT-PMDB no Pará, hoje temporariamente rompida pelo anúncio de candidatura própria do PMDB de Jader com o deputado Domingo Juvenil, atual presidente da Assembléia Legislativa do Pará.

Os motivos?

São muitos e especulados em inúmeras interpretações que vão desde a quebra de acordo do nucléolo - termo fincado pelo jornalista Paulo Bemerguy em seu espaço aberto, até a convicção de Jader em desgastar o governo para tê-lo em sua submissão/dependência.

Típica ação pmdebista no plano local e nacional desde a fundaão do partido, diga-se de passagem!

Eu prefiro dizer que há uma série de motivos, entre elas, a imensa vontade de Jader em voltar ao Senado Federal e como o mais votado nas eleições deste ano, retomar a cena lobista e fazer seu filho - Helder Barbalho, prefeito de Ananindeua - governador em 2014, tendo o PT, o PSDB, DEM e tudo que é partido do Pará, aos pés de um verdadeiro império que ainda não está completo, na idéia de Jader e família.

É isso ou não é?