Pesquisar por palavra-chave

quarta-feira, abril 11, 2012

SINDPD-PA reúne com direção e funcionários da DATAPREV para evitar demissões


Diretoria do SINDPD-PA com a gerência regional da DATAPREV.

A diretoria do SINDPD-PA esteve reunida na manhã desta terça-feira (10), com a gerência da DATAPREV, onde foram debatidos pontos de conflitos entre os direitos dos trabalhadores e trabalhadoras e a direção do órgão. Entre os impasses, o processo de reestruturação da empresa, o qual tem imposto demissões país a fora e cria um clima de tensão permanente na categoria.


A diretoria do sindicato posicionou-se contrária ao método pelo qual o presidente nacional da DATAPREV, Sr. Rodrigo Assumpção tem realizado o processo de enfraquecimento e desmonte do órgão e cobrou informações sobre os critérios adotados para as demissões que ocorrem.

Edu Maciel, diretor do SINDPD-PA e da FENADADOS cobrou uma melhor relação entre a direção da empresa e o sindicato e criticou a forma com que a empresa tem agido ao iniciar o processo de demissões de funcionários. O sindicalista fez um balanço nacional e disse que nada justifica a demissão de servidores públicos no Pará, já que o quadro funcional é pequeno e ao invés de demissões, deveria haver concurso público para garantir a melhoria dos serviços na área tecnologias da informação.

O gerente regional da DATAPREV, Sr. Milton Bonifácio Neto, admite que as demissões não são pontuais, e sim, planejadas pela direção nacional da empresa e que até agora, apenas uma demissão foi efetivada no Pará, e nesta, pesaram critérios administrativos mas que, caso haja pressão do sindicato, este não se oporá em reaver o funcionário para o quadro da empresa. Milton garantiu que até este momento não existem ameaças de novas demissões, mas não pode garantir que isso se mantenha, pois isso não depende da direção regional do órgão.

Um nova reunião entre o sindicato e a gerência regional ficou agendada para o próximo dia 13/04 (sexta-feira) às 14:30h, onde será debatido liberações de membros da diretoria do sindicato e outros pontos de pauta, de interesse da categoria.

Assembleia Geral na DATAPREV decide lutar contra demissões.

Assembléia Geral dos Funcionários da DATAPREV.

Logo após a reunião com a gerência do DATAPREV, a diretoria do SINDPD-PA iniciou a Assembleia Geral dos trabalhadores e trabalhadoras do órgão, onde a presidenta do Sindicato, Débora Sirotheau informou os atuais investimentos do sindicato para oferecer melhores condições de representação da categoria, apresentando Marcelo Freitas e Diógenes Brandão, recentemente contratados como assessor jurídico e assessor de comunicação, respectivamente.

Débora fez um resgate do processo de lutas contra o processo de demissões que ocorrem nas regionais da DATAPREV e informou que estará em Brasília no próximo dia 17 quando ocorrerá um ato de repúdio às demissões na DATAPREV e uma reunião com o Ministro da Previdência que tratará sobre o tema.

Carlos Frota: O gerente garantiu "Nenhum funcionário será punido".   
Carlos Alberto Frota, funcionário da empresa, disse que durante a reunião da diretoria do sindicato com o gerente regional da DATAPREV, Sr. Milton Neves este teria afirmado: “Nenhum funcionário será punido, nem tão pouco terão qualquer impedimento para participar de assembléias da categoria”, disse Frota, representante dos Empregados pela OLT.

Marcelo Freitas, assessor jurídico do SINDPD-PA explicou que a empresa pode iniciar processos de demissões, desde que sejam com justificativa de motivos, entre elas, por ordem disciplinar, técnica e/ou financeira, mas que a assessoria estará atenta para qualquer abuso de poder por parte da patronal.


Fonte: SINDPD-PA.