Pesquisar por palavra-chave

sexta-feira, junho 20, 2014

Os Pitbulls atacam novamente



Encarando a dura realidade dos dias atuais, onde sua versão já não é a única lida e assimilada como verdade pelos brasileiros, os pitbulls da grande e velha imprensa brasileira reagem de forma irracional, babam, rosnam e vociferam, mostrando mais uma vez a disposição de suas mentes doentias em querer transformar suas mentira em verdades e se antes seus alvos preferidos eram Lula, o Partido dos Trabalhadores e Dilma Rousseff, há dias que eles miram em Alberto Cantalice, quem me parece ter acertado em cheio, o coração da máquina de produzir escândalos e boatos que abastecem os órgãos de imprensa e a internet com suas incitações ao ódio contra o PT e a soberania nacional.

Ao comparar o Partido que vem sendo eleito pelo povo brasileiro, de forma democrática por três eleições consecutivas, ao Partido Nacional-Socialista Alemão - que implantou o nazi-fascismo que muitos de seus leitores e reprodutores, tanto defendem - Reinaldo Azevedo dá demostrações do declínio e do desespero dos que esperavam que o PSDB ainda estivesse no poder, para do conforto de sua sala, pudesse determinar para onde o governo federal levaria suas naus cheia de recursos públicos, arrecadados através dos impostos pagos pelo suor de milhões de brasileiros e os injetasse onde eles assim indicassem.

Como não conseguem mais ditar suas ordens e nem orientar a política econômica do governo - que hoje investe no Brasil e não no capital especulativo - os arautos da profecia do caos, não encontram outra saída que não seja pregar o apocalipse para que suas falanges que impregnam as redações dos grandes jornais - que por sua vez orientam os demais profissionais da imprensa - mantenham a regra de satanizar o PT para o povo brasileiro não o reelegê-lo de novo.

Pelo desespero revelado nas palavras do mentecapto, ele e sua horda não conseguirão seu intento e assim como tá tendo a copa, que profetizaram que não aconteceria e se acontecesse seria um caos, amargarão outra derrota do povo nas urnas e terão que manter-se disparando devaneios maniqueístas nas páginas que ainda lhe dão espaço para seus latidos.

Quem diria!?