Pesquisar por palavra-chave

terça-feira, dezembro 23, 2014

Simão Jatene diz que a TV RBA manipulou o tempo de Helder Barbalho na campanha eleitoral

A entrevista no programa Roda Viva com o governador reeleito do Pará, Simão Jatene me fez ficar em casa para assistir e tuitar, pois pensei que seria ao vivo. Ledo engano! O programa foi gravado, sabe-se lá o motivo.

Sob o comando do blogueiro da VEJA Augusto Nunes, acusado de publicar notícias falsas contra um site de notícias concorrente da revista que paga seu salário, o programa e seus entrevistadores deixaram Simão Jatene à vontade e em nenhum momento o governador tucano foi indagado pelos três pedidos de cassação feitos pelo Ministério Público Eleitoral do Pará, depois que este órgão comprovou a prática de ilegalidades de sua chapa, durante as eleições deste ano.

Em compensação, o blogueiro/apresentador fez questão de alfinetar a família de Helder Barbalho, o qual concorreu com Simão Jatene e quase foi eleito no primeiro turno, mas que perdeu por uma diferença de 3,24% no segundo turno das eleições no Estado.

Na entrevista, uma denúncia grave e inédita feita por Simão Jatene: A TV RBA teria manipulado o horário eleitoral gratuito para beneficiar com mais tempo e com ajustes favoráveis ao candidato Helder Barbalho, um dos herdeiros dos veículos de comunicação que inclui a TV citada. Jatene não soube explicar o motivo da "denúncia" não ter sido noticiada, algo estranho já que ele conta com o apoio irrestrito da família Maiorana, proprietária do principal veículo de comunicação concorrente do grupo de comunicação da TV citada, ainda mais em um processo eleitoral acirrado como foi o deste ano.

Um dos momentos que chama a atenção do segundo bloco é quando Simão Jatene diz: "Eu vou dizer uma coisa que certamente desagrada muito, esse país precisa repensar essa história de político dono de veículo de comunicação". Nisso tenho total concordância com o governador, pena que o apresentador não tenha deixado-o falar mais sobre o assunto, talvez por incomodar outros donos de veículos de comunicação amigos dos jornalistas presentes.

Fique com o trecho do segundo bloco da entrevista:


video