quarta-feira, maio 06, 2015

A desacreditada justiça paraense



A justiça paraense determinou que os professores terminassem a greve estadual, desde o dia 14 do mês passado e depois de duas semanas, a greve continua. 

Ontem, a mesma a justiça determinou que 80% da frotas dos ônibus rodassem durante a greve dos rodoviários que iniciou a partir de meia-noite e advinha o que aconteceu. 

Nada, é claro.

Resultado: Estudantes continuam sem aula e trabalhadores que necessitam de transportes coletivos, estão sem ônibus.