domingo, junho 28, 2015

Ana Luísa Castro: Negra e nordestina, ela foi eleita a Miss Mundo Brasil

              Ana Luísa Castro, candidata de Sergipe, recebe a coroa de Miss Mundo Brasil 2015 das mãos de Julia Gama.


A Miss Mundo Sergipe, Ana Luísa Castro, e o Mister Ilhabela, Anderson Tomazini, foram coroados, na noite deste sábado (27), os mais belos do país, em concurso realizado em Florianópolis e transmitido ao vivo pelo UOL.

Ana Luísa concorreu com outras 36 candidatas, mas levou a melhor e virou a sucessora da bela Julia Gama, Miss Mundo Brasil 2014. Já Anderson venceu 41 bonitões e recebeu a faixa das mãos de Lucas Montandon, Mister Brasil 2014.

O top 5 masculino ainda teve os candidatos de Ilha de São Francisco do Sul (3º), Mato Grosso (5º), Santa Catarina (4º) e São Paulo Capital (2º). Já o top 5 feminino foi composto ainda por Distrito Federal (5º), Ilhabela (2º), Mato Grosso do Sul (3º) e Rio Grande do Sul (4º).

Na despedida da faixa, Lucas Montandon, Mister Brasil 2014, agradeceu e falou sobre sustentabilidade. "Que possamos fazer deste mundo um lugar melhor para todo mundo". Já a bela gaúcha Julia Gama, Miss Mundo Brasil 2014, agradeceu a família, amigos e coordenadores.

Anderson Tomazini, Mister Ilhabela, recebe a faixa de Mister Brasil 2015

Provas

Pela segunda vez, os concursos masculino e feminino aconteceram juntos. Foi uma semana intensa de provas classificatórias e agenda de compromissos em Jurerê Internacional.

Esportes, entrevista preliminar, talento, desfile top model, desfile em traje de gala e Beleza Com Propósito são as etapas que classificam os semifinalistas das disputas, avaliados por um júri técnico. O desfile em traje de banho foi abolido pela organização mundial em dezembro passado.

"A CEO da Miss World Organisation, a filantropa inglesa Julia Morley, considerou retrógrado que pessoas vestidas julguem o corpo de meninas de biquíni. É um divisor de águas na história dos concursos de beleza. Nós adotamos a medida no Brasil, que pela primeira vez em 57 anos não faz o desfile", conta Henrique Fontes, diretor-geral do concurso.

A miss mais talentosa foi a Espírito Santo, que apresentou-se na final cantando, além de ter sido a mais bem colocada na entrevista. Do lado masculino, a melhor entrevista foi do Mister São Paulo Capital.

Na prova de Beleza com Propósito, o Mister Rio de Janeiro levou a melhor, do lado feminino, a candidata do Distrito Federal venceu.

Anderson Tomazini, Mister Ilhabela, recebe a faixa de Mister Brasil 2015 das mãos de Lucas Montandon.

Um ano depois

Julia Gama e Lucas Montandon fizeram, a pedido do UOL, uma análise de seu um ano de reinado contando sobre os pontos positivos e negativos.

A obrigação de estar maquiada todo o tempo é avaliada como um ponto negativo pela simpática morena, 22, que pode viajar o mundo após conquistar o título no ano passado. Para o Mister Brasil 2014, Lucas Montandon, um dos pontos negativos da vida de mister é zelar pela vida social regrada --até uma cervejinha com os amigos pode ser visto como algo ruim, segundo ele.

Mas se há alguns pontos negativos na vida de miss e mister, sobram pontos positivos. Viajar pelo mundo e ser uma espécie de embaixador e embaixatriz do nosso país estão entre as coisas boas de ostentar a faixa durante um ano.

"Ser Miss Mundo Brasil me abriu um leque de oportunidades que gosto de explorar", diz Julia Gama. Já o Mister Brasil 2014 encontrou em sua vitória um horizonte para sua vida profissional: o teatro.