Pesquisar por palavra-chave

terça-feira, dezembro 01, 2015

Ciclista flagra furto de material da obra de uma ciclovia

O ciclista Evaldo Araújo gravou uma cena inusitada na manhã desta terça-feira (01). Ao caminhar pela Avenida Duque de Caxias, em Belém do Pará, o cidadão avistou um senhor acompanhado de outro homem que estava com trajes típicos de um operário e carregava para a mala de um carro, blocos de concretos que estavam expostos, sem nenhum tipo de proteção, no canteiro de obras de uma ciclovia que está sendo construída naquela via pública. 

Ao perceber a ação, Evaldo perguntou o que eles faziam levando o material da obra e o senhor lhe disse que a a prefeitura havia lhe feito a doação.  Com isso, o ciclista passou a gravar o furto. Ao notarem que estavam sendo gravados e ameaçados de serem conduzidos para a delegacia, devolveram o material e fugiram. Uma viatura da PM chegou logo em seguida, mas não ninguém foi preso. 

Segundo o ciclista Alexandre Max, membro da Comissão de Mobilidade de Belém, a malha cicloviária não está integrada e por isso, há "buracos" entre as diversas vias que já possuem ciclovias e ciclofaixas e a maioria que existe não foram construídas de forma adequada e por isso são inseguras e ficam alagadas, após as chuvas que são comuns na cidade, pois a prefeitura não faz a devida manutenção. 

Segundo dados da SEMOB - Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana, Belém tem 75 quilômetros de ciclofaixas e ciclofaixas, o que é ínfimo para uma cidade de mais de um milhão de Km².