Pesquisar por palavra-chave

quinta-feira, abril 28, 2016

Assessor de Simão Jatene estaria preso na França por tráfico de drogas


Por Diógenes Brandão

Este blog recebeu com grande surpresa, a informação de que o filho de uma personalidade pública paraense foi condenado há dois anos de prisão na França, sob a acusação de tráfico de drogas. O fato teria ocorrido há cerca de dois meses, mas segue abafado pela mídia paraense.

Restando a apuração junto às autoridades francesas, tomamos o cuidado de preservar o nome do rapaz de pouco mais de 30 anos de idade e que ocupa cargo comissionado (DAS), em uma das autarquias controladas por aliados de Simão Jatene (PSDB), governador do Estado do Pará.

Tão logo confirmada a veracidade desta informação, acionaremos o Ministério Público Estadual para e podemos dizer que estaremos de frente de mais um caso, onde a velha mídia local age de comum acordo com as oligarquias que exercem forte influência no poder estatal e assim protegem os seus aliados políticos e apaniguados.

Nos solidarizamos com a família e amigos em comum, já que o rapaz é muito popular no meio artístico-cultural em Belém, mas consideramos que a apuração jornalística não pode sofrer censura, sob quaisquer argumento, já que todos os dias assistimos pessoas de baixa renda sendo expostas nas delegacias e seccionais do sistema de segurança pública.

Além da impressionante falta de notícias sobre o caso, nossa fonte se mostra perplexa, principalmente pelo fato de que passados dois meses, até hoje o suposto traficante não foi exonerado do cargo que ocupava em uma autarquia do governo do Pará, já que seu pai é amigo de pessoas da alta sociedade paraense e por isso a sua chefia de forma surpreendentemente concedeu-lhe dois meses de férias, o que já foi apurado e confirmado pelo blog e considerado incomum para qualquer servidor público no Brasil.