sexta-feira, outubro 14, 2016

Eleições 2016: O que as novas pesquisas trarão em seus resultados?


Por Diógenes Brandão

As eleições municipais de todo o país trazem um novo quadro diante do segundo turno. Apoios de candidatos e partidos para a disputa entre dois candidatos, podem pesar na formação de opinião dos eleitores, mas a transferência de votos não é 100% garantida.

Mesmo ainda tendo que pagar muitos fornecedores e prestadores de serviços, os candidatos apostam no corpo-a-corpo e na propaganda eleitoral no rádio, TV e internet para difundirem suas propostas e para atacarem seus adversários.

Em Belém, o cenário ainda é indefinido. Com o resultado apertado no primeiro turno, a tendência é que as primeiras pesquisas que começarão a serem divulgadas amanhã mantenham um quadro instável em relação ao resultado do primeiro turno.

Segundo o cientista político, Dornélio Silva, o momento ainda é observação por parte dos eleitores. 

"O eleitor, na sua sabedoria popular, faz um recuo tático em sua tomada de decisão. Se no primeiro turno ele votou em certo candidato, agora com apenas dois candidatos, ele repensa e pode ou não mudar seu voto. 

Em Belém, por exemplo, a tendência é que quem votou no Edmilson Rodrigues (PSOL), vote de novo no candidato. A mesma coisa acontece com quem votou no Zenaldo Coutinho (PSDB), que também deverá repetir seu voto. 

Os demais eleitores que votaram em Úrsula Vidal (Rede) Carlos Maneschy (PMDB), Eder Mauro (PSD), Regina Barata (PT) e os outros candidatos que tiveram menos de 1%, é que deverão agora definir a eleição, sem deixar de falar nos indecisos e naqueles que votaram em branco ou anularam seu voto. 

Uma coisa importante que precisa ficar negritada, é que assim como estes candidatos escolheram quem apoiarão no segundo turno, o eleitor que votou neles, também sente-se livre para escolher em quem votará no próximo dia 30. 

Ou seja, ninguém é dono do voto de ninguém e a eleição no segundo turno é sem sombra de dúvidas, uma nova eleição", conclui Dornélio Silva, em uma conversa por telefone, onde aproveitou para informar os leitores do blog e das redes sociais, que está fazendo a processamento dos dados da primeira pesquisa DOXA, realizada neste segundo turno e que ela será divulgada amanhã. 

Segue os institutos que assim como a DOXA, registraram pesquisas quantitativas e suas respectivas datas de divulgação. (Por ordem de registro)

Veritá-MG - Registrou a pesquisa no dia 03.10 e a divulgação já poderia ter sido feita.

DOXA-PA - Registrou a pesquisa no dia 05.10 e a divulgação está prevista para 15.10 (Sábado)

Veritate-PA - Registrou a pesquisa no dia 09.10 e a divulgação está prevista para 15.10 (Sábado)

IBOPE-RJ - Registrou a pesquisa no dia 09.10 e a divulgação está prevista para 15.10 (Sábado)

Acertar-PA - Registrou a pesquisa no dia 11.10 e a divulgação está prevista para 17.10 diante (Segunda)

IVeiga - Registrou duas pesquisa no dia 13.10 e a divulgação está prevista para 19.10 (Quarta-feira).

Fonte: Blog AS FALAS DA PÓLIS, com informações do TSE.

Siga-nos no Twitter