quarta-feira, maio 10, 2017

Senador petista é hostilizado por almoçar em restaurante de Curitiba



Por Diógenes Brandão

Depois de ser vaiado e impedido de se pronunciar em uma manifestação das centrais sindicais em Belém do Pará, na Greve Geral do dia 28 de Abril, o senador Paulo Rocha (PT-PA) foi hostilizado por clientes do hotel Mabu, onde estava almoçando com Zeca Dirceu, em Curitiba-PR. 

Assim como Paulo Rocha, milhares de filiados e simpatizantes do PT estavam na capital paranaense, onde aconteceu mais uma audiência de Lula, como o juiz Sérgio Moro, no âmbito da famigerada operação Lava Jato.

"Por que vocês estão almoçando aqui e o pessoal tá la fora, hein, por que?" indagou o cidadão que gravou o vídeo. Paulo Rocha atendeu a provocação e foi conversar com o grupo, mas sua fala foi cortada e não aparece no vídeo.

Em seu site e redes sociais, nenhuma palavra sobre o fato. 

O site Anta-gonista divulgou o vídeo com o título "PT caviar nunca será mortadela".

video