Pesquisar por palavra-chave

terça-feira, outubro 24, 2017

Corrupção na SEMOB: Depois de prisões em flagrante por extorsão, agentes de trânsito já estão em liberdade



Por Diógenes Brandão

Após a matéria Operação abafa: Polícia prende dois agentes da SEMOB acusados de extorsão. Imprensa silenciapublicada de forma exclusiva pelo blog AS FALAS DA PÓLIS, os portais do Diário do Pará e do G1 Pará publicaram informações colhidas com a Polícia Civil, sobre as prisões dos dois agentes acusados de corrupção passiva qualificada (solicitar dinheiro por servidor público).

Segundo a polícia, o caso teve início por volta das 11:3oh deste domingo (22), quando policiais civis da Divisão de Crimes Funcionais (Dcrif) foram procurados por um micro-empresário proprietário de uma van que estaria em situação irregular - licença anual vencida - e foi parada por agentes da SEMOB que exigiram R$ 700 de propina para liberar o veículo, mas receberam apenas R$ 115,00.

O delegado Thomaz Horta, da Dcrif, seguiu com o proprietário e o motorista da van, até à sede da Semob, onde os dois agentes corruptos foram abordados e revistados, tendo sido encontrada parte do dinheiro da propina, que foi automaticamente devolvido ao motorista, vítima da extorsão. Os acusados foram conduzidos para a Dcrif localizada na Delegacia Geral em Belém e de lá encaminhados ao Presídio Coronel Anastácio das Neves.

O flagrante foi comunicado à Justiça no domingo (22), mas já nesta segunda-feira (23) foi feita a homologação da prisão, seguido do arbitramento de fiança, que foi paga e os agentes foram liberados, às 16h desta segunda-feira, ou seja, ficaram poucos mais de 24 horas presos. 

A Semob irá aguardar a conclusão dos autos para se manifestar. Mas não informa se os agentes continuarão nas ruas aplicando seus golpes e extorquindo outros motoristas e trabalhadores do transporte alternativo em Belém. 

O blog estranhou o fato dos acusados não terem seus nomes revelados, afinal de contas, todos os dias assistimos outros criminosos tendo seus nomes e rostos expostos nas telas de Tv e páginas de jornal. Por que proteger esses agentes da SEMOB?

A prefeitura de Belém, nem a Câmara Municipal de Vereadores, responsável por fiscalizar os atos do executivo, ainda não se manifestaram sobre o caso.

Curta nossa fanpage https://www.facebook.com/AsFalasdaPolis/