Pesquisar por palavra-chave

sexta-feira, dezembro 08, 2017

Por 31x25 votos PT-PA decide lançar Paulo Rocha para governo e Zé Geraldo para o senado


Por Diógenes Brandão

Dividido ao meio, o PT foi pro debate entre duas chapas e por 31 x 25 votos, os membros do Diretório Estadual decidiram lançar o senador Paulo Rocha como pré-candidato e o deputado federal Zé Geraldo como pré-candidato ao senado.

Segundo dirigentes petistas, a diferença de apenas 06 votos, foi a mais apertada historicamente, em decisões similares.

Um dos motivos seria a desconfiança de que no 1° turno, Paulo Rocha fará corpo-mole para não disputar votos com Helder Barbalho, candidato do PMDB, que esteve junto com o PT e mesmo sendo derrotado por Simão Jatene (PSDB) ajudou a eleger Paulo Rocha senador nas eleições de 2014.

DISPUTA ACIRRADA

Embora a reunião do Diretório Estadual do PT do Pará tenha sido tranquila na parte de análise de conjuntura e na estratégia de lançar uma candidatura própria ao governo do Estado, mas nas entrelinhas, o racha em três candidaturas já sinalizava o clima de disputa que impedia a unidade partidária de outrora.

Com a acomodação de Zé Geraldo como candidato ao senado, o grupo do deputado federal Beto Faro, que apresentou o nome do ex-prefeito Evaldo Cunha para disputar com o senador Paulo Rocha e acabou obtendo 43.11% de votos, junto com o ex- Deputado Federal Cláudio Puty, perdendo para chapa encabeçada senador Paulo Rocha e o deputado federal Zé Geraldo, que obtiveram 53,44% dos 56 filiados que participaram do encontro.