Pesquisar por palavra-chave

segunda-feira, dezembro 11, 2017

Ex-procuradora de Tucuruí é presa. Seu marido, major da PM, foi preso sexta-feira

Leonardo Oliveira foi preso na última sexta-feira e sua esposa, a advogada Glaucia Brasil foi presa nesta segunda-feira. 

Por Diógenes Brandão

Fontes do blog informam que a Polícia Civil acaba de prender a procuradora do município de Tucuruí, a advogada Glaucia Rodrigues Brasil Oliveira, acusada de envolvimento no crime de receptação e roubo de veículos.   

A acusada está sendo levada para a Delegacia Geral em Belém, onde o delegado Cláudio Galeno está à frente da condução coercitiva da advogada, que por ordem judicial, será apresentada ao delegado-geral.   




A acusada usou um grupo da OAB-PA no Whatsapp, onde declara que está sendo perseguida por dois delegados de Tucuruí Romeu Santos e Washington Santos, ambos envolvidos nas investigações do assassinato do ex-prefeito Jones William.

Glaucia ainda tentou obter um Habeas Corpus preventivo, mas a justiça não concedeu. Segundo ela, o delegado Washington Santos "inventou um Termo Circunstancial de Ocorrência" e a ameaçou de caça-la até prendê-la. Ela também disse que vai pedir a prisão do delegado Washington Santos e cobra apoio da OAB-PA.


Em Outubro deste ano, o SINJOR-PA - Sindicato dos Jornalistas do Pará - emitiu uma Nota de Repúdio contra Glaucia, pelo fato dela ter tentado impedir e dificultar o exercício da função da equipe de jornalismo do SBT de Tucuruí, durante cobertura de operação da Polícia Civil para cumprimento de mandados de prisão temporária, condução coercitiva e busca e apreensão de documentos, realizada ontem, no dia 30 de Outubro, quando Josy Brito - mãe do prefeito Artur Brito - foi presa.

Seu marido, o major da Polícia Militar, Leonardo do Carmo Oliveira foi preso na última sexta-feira (08), acusado do assassinato de uma testemunha em um processo judicial a cerca de um uma reintegração de posse, no município de Pacajá. Leonardo também é segurança particular do ex-prefeito de Tucuruí, Artur Brito, afastado do cargo pela justiça por improbidade administrativa e pela Câmara de Vereadores por envolvimento no assassinato do ex-prefeito Jones William.


Abaixo, os prints das declarações de Glaucia Brasil, em um grupo do Whatsapp da OAB de Tucuruí: