Pesquisar por palavra-chave

quarta-feira, setembro 17, 2008

Dicionário Eleitoral

- Pirante = Chapa da coligação que tem à frente Pirão e Priante.
- Suzi = A boneca Valéria Pires Franco.
- D-u-d-u = Dificilmente - Um - Doutor - Umano.
- PSOL = Partido que Só Orgulha-se da Lisura.
- Pesquisa = Metodologia dos institutos lucrarem com os endinheirados.
- T.R.E-PA = Tribunal Receptor de Enganação - Para Anesteciar (o povo).
Agora as contribuições do blog do colunista da Folha de São Paulo, Josias de Souza.
- Alckmin: nome mais cotado para transformar o adversário em vitorioso;
- Candidato: pretensioso que diz coisas definitivas sem definir as coisas;- Campanha: período em que um grupo de loucos apresenta no rádio e na TV sua plataforma para dirigir o hospício;
- Coerência: velha maluca que faz tricô enredando-se nas linhas de suas próprias contradições;
- Coligação: aliança partidária com fins lucrativos;
- Democracia: regime político que saiu pelo ladrão; espécie de luta de boxe em que a sociedade entra com a cara;
- Eleição: uma loteria sem prêmio no final;
- Eleitor: cidadão escalado para optar entre o lamentável e o impensável;
- Heloisa Helena: Pseudonovidade no seio da política; a inconseqüência com saliências e reentrâncias;
- Lula: ex-operário que se converteu em compositor. Compõe com qualquer um;
- Marketing político: técnica que consiste em enfeitar a forca, conferindo-lhe a aparência de inofensivo instrumento de cordas;
- Pesquisa eleitoral: estatística que antecipa o nome do herói que será chamado de ladrão depois da posse;
- Programa de governo: tratado de verdades que se esquecerão de acontecer;
- Voto: equívoco renovado de quatro em quatro anos.