Pesquisar por palavra-chave

terça-feira, março 19, 2013

Incêndio na Santa Casa: Morte de bebê expõe "operação abafa"

A mentira do governo do Estado sobre o incêndio na Santa Casa caiu.

A mentira: "Todos os bebês estão 100% bem."

A verdade: Confirmada a morte de um bebê e a família deste denuncia que podem haver outras vítimas fatais após o incêndio que atingiu o prédio cheio de problemas apontados pelos servidores e ignorados pelo governo do Estado.
A TV RBA acabou de noticiar a morte de um bebê que estava na UTI neo-natal da Santa Casa de Misericórida do Pará. 
A mãe do bebê, morto após o incêndio, denunciou a existência de outras vítimas fatais. 
A "operação abafa".
A negligência e a mentira teriam sido planejadas como uma "operação abafa" da Secretaria de Comunicação do governo do Estado do Pará, que esteve no local, logo após a notícia do incêndio, acompanhando o governador em exercício, Helenílson Pontes e a secretária adjunta de saúde do Estado, Heloísa Guimarães. 
Mãe do bebê morto denuncia a existência de outras vítimas fatais.
A cumplicidade da imprensa.
 
Porque que determinados profissionais da imprensa negligenciaram que um recém-nascido sofreu queimaduras e funcionários estavam passando mal até agora por conta do incêndio na UTI Neo-natal da Santa Casa? 
Ainda segundo eles, os funcionários, o incêndio poderia ter tido proporções maiores se tivesse sido no horário da troca de turno dos funcionários ou mesmo no horário de descanso.  

Familiares dos funcionários desmentiram a versão do governo nas redes sociais.
No mínimo, a afirmação dos integrantes do governo Simão Jatene deveria ser confrontada com relatos e coleta de depoimento dos funcionários que utilizaram as redes sociais para denunciar a situação do local, as internações e o estado das vítimas.
Nada disso foi feito. Prevaleceu a "versão oficiosa" do governo e de que todos estavam 100% bem e hoje soubemos pelo programa "Cidade Contra o Crime", da TV RBA, que um dos bebês que estava no local do incêndio, faleceu.
A mãe da criança afirma que há outras vítimas fatais e que exige que o laudo do IML aponte a causa da perde de seu bebê.
No site da Santa Casa: Tanto o Vice-governador, Helenilson Pontes, quanto a secretária Adjunta de Saúde, Heloísa Guimarães mentiram em entrevista, ao dizer que todos estavam bem.

Cabe aqui neste caso, indagar até onde vai a cumplicidade da imprensa que não apurou todos os fatos deste triste epsódio que poderia ter sido pior, se não fosse a coragem e ousadia dos servidores que conseguiram apagar o fogo e assim evitaram uma catástrofe? 


Siga-me no twitter: @JimmyNight

Atualização às 20:08.

Nunca conversa inbox com uma pessoa neste facebook velho de guerra...

"estão ao vivo na santa casa...
materia dizendo que o bebe morreu de peneumunia e que não teve nada haver com o incendio
cagada....
estão mostrando ao vivo
reunião .. deputados e direção da santa casa..
edmilson ..megale alfredo costa
deve ser uma comissão da ALEPA e direção da santa casa
a diretora da santa casa jogando a bola para o padilha"

Visualizada às 18:37