Pesquisar por palavra-chave

segunda-feira, outubro 26, 2015

Beto Ribeiro é reeleito presidente do PT em Ananindeua

Beto foi o mais votado no último PED, realizado em todo o país, em 2013, mas como o partido não conseguiu alcançar o número mínimo de votantes para se manter como diretório em Ananindeua, formou-se então um Comissão Provisória até ontem, quando o militante foi novamente eleito para presidir o PT naquele município. Foto: José Oeiras.
"Os homens e mulheres que dirigem o PT são eleitos através do voto direto dos filiados e filiadas através do Processo de Eleição Direta, o PED. Dois anos após o PED, é realizado um processo extraordinário de eleição direta, o PEDEX, para que os municípios que não tenham eleito sua direção tenham uma nova oportunidade de constituir um Diretório." Via o portal do PT.

O PEDEX em Ananindeua resolveu manter como presidente do partido, no segundo maior colégio eleitoral do Pará, o militante Beto Ribeiro. Apoiado por grupos independentes e de tendências como a AS, DS e MPT, Beto venceu por 173 votos, os candidato Cláudio Barros (Unidade na Luta) e Jim Marcelo (CNP), que juntos obtiveram pouco mais da metade dos votos do candidato vitorioso.

Beto Ribeiro é ligado à tendência de Milton Zimmer, atual presidente do PT e que tem como expoentes, os deputados Beto Faro (Federal) e Carlos Bordalo (Estadual). Segundo José Oeiras, um dos coordenadores da chapa vitoriosa, "a eleição transcorreu de forma tranquila, tendo 320 votantes neste domingo (25), apesar da prova do ENEM 2015 que retirou muita gente do processo", concluiu o dirigente petista.

"Com mais essa vitória a Articulação Socialista (AS), demostra força e capacidade de aglutinação e vem ganhando cada vez mais espaços dentro do PT no Estado, mostrando-se mais a empoderada do antigo campo majoritário" e o Fórum da Militância torna-se protagonista de uma nova alternativa entre os grupos que se organizam em busca de mudanças positiva no partido, declara a liderança do PT de Ananindeua, Eterlene Castelo.

Na contramão, desde o último PED realizado em 2013, a unidade no CNB (Formado pela Articulação Socialista, CNP (Construindo um Novo Pará) e a Unidade na Luta ficou abalada com a disputa pela direção do PT no Estado. A CNP dos deputados Zé Geraldo (Federal), Airton Faleiro e Dirceu Ten Caten (Estaduais) e a Unidade na Luta, do senador Paulo Rocha, perdem cada vez mais prefeitos, vereadores e lideranças sindicais e populares.

A aliança formada pela ASDS e grupos independentes, como o Fórum da Militância e a Pororoca Vermelha, conseguiu além de eleger o presidente do PT-PA e de Ananindeua, aprovar a candidatura própria em Belém nas eleições 2012 e novamente para as eleições de 2016 e indica o nome de Cláudio Puty como candidato do partido na capital paraense.