Pesquisar por palavra-chave

segunda-feira, novembro 16, 2015

Armas de fogo: Pará tem 23 municípios entre os mais violentos e Ananindeua é 2º onde mais se mata



A imprensa paraense deixou passar batida a informação noticiada pelo site da revista Exame, que divulgou os números do Mapa da Violência 2015 Mortes Matadas por Armas de Fogo, que apontou que entre os 5,5 mil municípios brasileiros, 23 cidades paraenses estão no ranking das mais violentas do Brasil, no estudo feito entre os anos de 2010 e 2012.

Ananindeua, a segunda cidade mais populosa do Pará é apontada como a segunda cidade mais violenta do país, 'perdendo' apenas para a cidade de Simões Filho, na Bahia, que somou 126 mortes por armas de fogo para cada 100 mil habitantes. As informações do Mapa da Violência 2015 apontam que neste período, mais de 112 mil pessoas foram mortas dessa forma no Brasil.

Uma análise mais detalha do estudo, nos mostra que em 10 anos (202-2012). Belém teve um crescimento de 149% do número de mortes por armas de fogo. Segundo o seu site, "o estudo focaliza a mortalidade por armas de fogo no Brasil no período de 1980 a 2012. São homicídios, suicídios e acidentes, pela ação de armas de fogo. Também é estudada a incidência de fatores como o sexo, a raça/cor e as idades das vítimas dessa mortalidade".

Como observa o autor do presente estudo, se no período compreendido entre os anos de 1980 e 2012 a população teve um crescimento em torno de 61%, as mortes matadas por arma de fogo cresceram 387%, mas entre os jovens esse percentual foi superior a 460%. Em outras palavras, mais jovens morrem por armas de fogo, apesar da redução inicial provocada pela aprovação do Estatuto do Desarmamento. E a gravidade se torna ainda maior quando se sabe que, em sua maioria, são os jovens negros as vítimas dessa escalada. Racismo, violência e impunidade se associam na degradação do ambiente social brasileiro.

Veja, na tabela abaixo, as 23 cidades paraenses e aqui os 250 municípios brasileiros, com as maiores taxas de homicídio por arma de fogo entre 2010 e 2012.

2º Ananindeua
22º Marabá
23º Marituba
42º Novo Progresso
56º Tailândia
66º Castanhal
73º Rondon do Pará
95º Tucumã
109º Redenção
118º São Domingos do Araguaia
126º Pacajá
135º Goianésia do Pará
138º Ourilândia do Norte
148º Belém
152º Parauapebas
156º Altamira
196º Paragominas
215º Tucuruí
216º Jacundá
230º Moju
246º Igarapé Miri
247º Tomé Açu
249º Canaã dos Carajás