terça-feira, janeiro 12, 2016

O único presente pelos 400 anos de Belém foi um bolo



Êh, ô, ô, vida de gado
Povo marcado
Êh, povo feliz!                                    
                     Trecho da música "Admirável gado novo", de Zé Ramalho.

Todo ano é a mesma coisa: O povo de Belém é humilhado com um bolo de 100 metros que é devorado em poucos minutos. 


Milhares de mãos de famintos se cruzam de forma surreal em cima de um balcão para capturar um pedaço do "presente".