Pesquisar por palavra-chave

segunda-feira, maio 09, 2016

Lançamento em Belém do Livro "Austeridade para quem?"



Na última segunda-feira (02), foi lançado em Belém o livro “Austeridade para Quem? Balanço e perspectivas do governo Dilma Rousseff”. 

Organizado por Luiz Gonzaga Belluzzo e Pedro Paulo Zahluth Bastos, editado pela Carta Maior e pela Fundação Friedrich Ebert, o livro reúne um conjunto de artigos que apontam na direção de uma saída da crise voltada à retomada do desenvolvimento inclusivo, com justiça social, soberania nacional e eficiência produtiva. 

No evento em Belém, mediado pelo Professor Fábio Fonseca de Castro (UFPA), Joaquim Palhares, Diretor-Presidente da Carta Maior, e Gonzalo Berron, Diretor da Fundação Friedrich Ebert, abriram os trabalhos ao tratar da importância dessa publicação como aprofundamento do debate da pauta do dia no país. 

Os Professores Pedro Paulo Zahluth Bastos e Pedro Rossi, do Instituto de Economia da UNICAMP, apresentaram o conteúdo do livro para uma plateia em sua maioria de doutorandos em Economia da UFPA. 

O Professor Danilo Fernandes (UFPA), iniciou os debates e contextualizou a temática na Amazônia, seguido do Professor Jean-François Deluchey (UFPA) que explorou a carga política do debate, e o Professor Ari Loureiro (UFPA), por sua vez, analisou a questão territorial do tema. 

Um dos organizadores do livro, o Professor Pedro Paulo Zahluth Bastos enfatizou sobre as escolhas políticas por trás da opção pela austeridade: “não há alternativa! Esse é o lema para impor a austeridade aos trabalhadores desde que Margaret Thatcher o declamou na década de 1970. Há alternativa sim. Austeridade para quem? Essa é a pergunta cuja resposta precisamos dar e, principalmente, mudar.”