Pesquisar por palavra-chave

domingo, junho 03, 2007

Star

Originalmente publicado em http://quintaemenda.blogspot.com/
Começam a sair as primeiras notícias sobre pesquisas em Nova Déli.Uma delas dá conta da liderança do ex prefeito Edmílson Rodrigues (PSOL), seguido mais ou menos de perto por Valéria Pires Franco (DEM), e em terceiro, mais prá longe que prá perto, o alcaide atual, o desastre.Sim, ele está na lápide - o jargão publicitário que identifica a condição do político liquidado - mas tem lá seus 13%.O número de entrevistados que não sabe em quem votar ainda é grande.E os nomes do PT e do PMDB estão longe da segunda casa decimal, o que já começa a dar panos a muitas mangas, vermelhas, e vermelhas com bolinhas pretas (copyright by Cjk)Deve ser por isso que na semana passada, comemorando seu aniversário, o ex prefeito estava prá lá de contente, a Valéria anda feliz da vida, e os cães...bem, os cães ladram. Fazer o quê?Ou ladram, ou lambem.

Dudu, a mão de ferro que mandar bater!

Se a turma do DUDU aprontou no Lançamento da Conferência das Cidades em Belém, esperem pro que vem na Conferência de Saúde e nas demais que irão discutir as políticas públicas para esta esquecida cidade.

ORDEM, PROGRESSO, CAIXA 2 E EMPREITEIRAS

Segundo o levantamento feito no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sobre os recursos destinados pelas construtoras aos parlamentares, 54,7% destes no Congresso receberam alguma verba de empresas do setor. Ou seja, as empresas bancaram 285 dos 513 deputados (55,5%) e 40 dos 81 senadores (49,3%).
Oficialmente, as construturas destinaram R$ 27 milhões nas campanhas eleitorais.
A reportagem mostra ainda que 40% dos parlamentares financiados pelas empreiteiras são membros da Comissão de Transportes da Câmara e 37% na de Infra-Estrutura do Senado.
Será que agora na nação tupiniquim iremos discutir uma reforma política séria ou vamos continuar escondendo que quem banca a eleição neste país é a burguesia?