Pesquisar por palavra-chave

segunda-feira, setembro 15, 2008

Cuidar de Belém e das Crianças

Já que comecei postar vídeos, a partir de hoje postarei alguns dos meus e para quem acha que políticas públicas se resumem à obras de concreto e/ou sfalto, fica aqui o registro e demostração de que uma metrópolis como Belém, deve enfrentar os efeitos do capitalismo e da desigualdade social vigente.

Para tal, política de inserção dos jovens ao mercado de trabalho, educação pública e de qualidade, respeito aos direitos das crianças e adolescentes, entre outras ações deveríam permear os programas políticos dos candidatos à prefeitos desta cidade.

As imagens mostram a prostituição infantil retomada na área do Entrocamento, no primeiro ano de governo do oculista Duciomar Costa, quando este aniquilou os programas sociais criados na gestão petista de Edmilson Rodrigues que intensificou o combate à essa chaga social com diversos programas e projetos, retirando das ruas, qualificando e pondo para escolar e para o ambiente familiar milhares de adolescentes e crianças de nossa cidade.

Ver-o-Peso do teu abandono!

O nosso cartão postal está jogado às baratas pelo atual prefeito, que o recebeu reformado e, principalmente, com a alta estima dos feirantes que participaram ativamente de todo processo de reforma dos equipamentos e de requalificação dos homens e mulheres que ali tiram seu sustento.Duciomar e aquele tal de Didi acabaram com tudo, resgatando aquilo de mais ruim, resquício da ditadura: o rapa...
A então retirada daqueles que trabalhavam na calçada (a época) foi feita inclusive com o apoio dos feirantes, que agora, pela forma truculenta do oculista, estão apoiando os ocupantes pela desorganização que se tornou o Ver-o-Peso...
Chora Belém, mas levanta a cabeça e realiza as mudanças necessárias pelo voto...!
Da Blogsfera, de um internauta não indentificado.