Pesquisar por palavra-chave

segunda-feira, novembro 03, 2008

A Juventude da Base Aliada

Recebi de um leitor amigo a indicação para leitura de um perfil do Orkut, a foto acima pode ser vista, no album de fotos de um usuário que se identifica com PTB Jovem. Querendo ver, clique aqui.
O perfil tá aqui:
www.ptb.org.br, A Juventude Trabalhista de Belém (PTB JOVEM/Pa) — órgão de cooperação do PTB, criado em abril de 2004 — já está organizado na maior parte do território paraese e, dentro em breve, nossa representação se fará presente na totalidade dos Municípios Paraese.
Movimento da Juventude Trabalhista (MJT).
Comunidade destinada para aqueles que participam do movimento de juventude organizado ou filiados ao PTB.
Não precisa ter filiação partidária para participar dessa comunidade e sim um espirito jovem e ideais trabalhistas,ser atuante no cenário politico do Pará e do Brasil....dono da comunidade,Nossos telefones de contato em Belém: (91) 3225-1413 / 3225-2409 / 3225-2556 (www.ptb.org.br / e-mail: gilsonmessias14@hotmail.com

Uno?

Um comentário anônimo feito no Quinta.
Acabamos de passar pelo primeiro turno das eleições e o segundo já se aproxima. Foram 400 mil candidatos e se gastou mais de R$1 bilhão, tudo financiado pelas grandes empresas nacionais e multinacionais.
Durante a campanha, num debate televisivo na Band em Belo Horizonte, um jornalista fez uma pergunta a Vanessa Portugal, candidata da Frente de Esquerda Socialista, PSTU-PSOL, se era possível ganhar a eleição sem se vender ao esquema de financiamento empresarial.
O PSTU é o único partido que pode responder positivamente a essa pergunta, pois é o único partido no país inteiro que pode se orgulhar de não receber financiamento de empresários e que tem sua campanha financiada exclusivamente pelas doações de trabalhadores.
Na sociedade capitalista quem paga manda. O partido que é financiado pela burguesia perde a independência política, como aconteceu com o PT, com o PCdoB e infelizmente começa a acontecer com o PSOL de Porto Alegre, que aceitou R$100 mil da Gerdau para a campanha de Luciana Genro. Infelizmente, nenhuma ação concreta foi adotada pelas outras correntes desse partido para reverter essa decisão do PSOL gaúcho. Ocorre que o MES (corrente à qual pertence Luciana) tem um peso expressivo na direção nacional do PSOL.

Speak Slow

Bobinas voam de dentro para fora da IOE ou factóides circulam nas redações dos dois barraqueiros jornais da Pólis.
Estaríam os concorrentes apelando para a cota ser maior pra um do que pro outro?