quinta-feira, janeiro 16, 2020

Elcione Barbalho usa PGE para evento pessoal e partidário

Elcione Barbalho é deputada federal pelo MDB e mãe do governador Helder Barbalho. 

Por Diógenes Brandão

O blog AS FALAS DA PÓLIS recebeu fotos de um servidor da PGE, que comprovam a ocorrência de um crime eleitoral cometido pela deputada federal Elcione Barbalho, mãe do governador do estado do Pará, Helder Barbalho.

Pelo que se vê, a deputada tomou conta do auditório da Procuradoria Geral do Estado. 

Isso mesmo, da PGE. E não foi pra tratar nada de interesse do Estado ou da população.

Elcione Barbalho fez do espaço público um palanque politiqueiro do MDB. Um crime previsto na legislação eleitoral, já que usou o bem público para fins partidários. 





As fotos enviadas pelo servidor concursado mostra na entrada do auditório da PGE, os banners com propaganda do partido MDB e da própria deputada, mãe do senhor governador do Estado, que também é do MDB.

Como se não bastasse o uso da PGE, o aparato político de propaganda pessoal ainda contou com a cobertura da TV Cultura, ligada à FUNTELPA, emissora pública que vem sendo apropriada em apoio comunicacional da promoção política da família Barbalho.

A desculpa para tal estratégia de marketing político é um debate sobre violência contra as mulheres, evento que poderia ter sido feito em auditórios privados de hotéis e demais empresas do ramo, ou na sede do MDB. Mas não, a deputada teve que usar o ar condicionado, os servidores e até o cafezinho da Procuradoria Geral do Estado.

A impressão que passam é que se acham acima da lei e usam o público como se fosse privado.

Se acham tão poderosos, donos do Estado, capazes de fazer tudo que bem entenderem, desrespeitando as leis e as pessoas.

Parece que nada pra eles tem limite. 

Cadê o Ministério Público?

Cadê a Justiça eleitoral?

O cemitério hospitalar de Helder Barbalho

Depósito da SESPA está mais para um cemitério de equipamentos hospitalares, denuncia populares. Por Diógenes Brandão O escândalo ...