Pesquisar por palavra-chave

terça-feira, janeiro 21, 2020

Helder e a farra do cabide de empregos para o PT



Por Diógenes Brandão

Em uma rápida visualizada no Diário Oficial do Estado, constata-se a exoneração de um dos irmãos do senador Paulo Rocha (PT-PA), que deve ser nomeado em outro cargo e a nomeação de outros petistas que passarão a mamar nas tetas do governo Helder Barbalho, inclusive ex-prefeitos, como Roberto Pina, que governou o município de Igarapé Miri e já está em pré-campanha para tentar se reeleger.

Ele é apenas um, entre tantos outros pré-candidatos que o partido precisa empregar para receber sem trabalhar, nos cargos de assessoria do governador, em que basta assinar o ponto, uma vez por mês e lá está o dinheiro público nas mãos dos companheiros bem relacionados com os caciques do PT. 

Dessa forma, Rochas, Arroyos e outros parentes de petistas vão sendo colocados pela janela, no cabide de empregos do governo, que se nega a realizar os concursos públicos que prometeu e dessa forma mantém a fidelidade dos que antes lutavam pelas causas sociais e hoje estão determinados a resolver as pendências familiares.

E ainda tem gente que não sabe o motivo dos parlamentares do PT terem se negado a luta a favor dos servidores públicos, que sentiriam na pele o Pacote de Maldades que Helder empurrou goela abaixo, nas mais diversas categorias de trabalhadores e o Partido dos Trabalhadores o apoiou.