Pesquisar por palavra-chave

terça-feira, junho 28, 2011

Jatene gastou em 2 noites o que será gasto em 6 meses

Me rouba logo!

A 2ª edição do Terruá Pará foi bastante comentada pelos assessores de Jatene, mas nem todos o viram com os mesmos bons olhos, dos que estão na SECOM, sob a indicação e tutela de Ney Messias, aquele apresentador da TV Liberal que depois assumiu a presidência da FUNTELPA, no primeiro governo de Jatene com a missão de recontratar com os Maioranas aquele escandaloso esquema de uso das antenas públicas da TV Cultura e ainda tirou milhões dos cofres públicos para os barões da mídia no Pará, lembram?


Pois é. Almejando ser o Secretário de Cultura do governo tucano, Ney Messias, astuto, mas pouco transitável no ninho tucano, principalmente na velha guarda, acabou sendo preterido por Paulo Chaves, quem adentrou em seu 13º ano de comando da pasta. Há quem diga que o Terruá Pará seja a cobrança de Ney pelo pagamento do "serviço" feito durante a campanha eleitoral, quando este, assim como o totó do Orly, usaram e abusaram de trollagens, jingles, vídeos e textos apócrifos e difamatórios, para desgastar a gestão petista. 

Acontece que o mimo dado por Jatene ao capacho mor, incomodoou outros secretários do governo, que se sentem desprestigiados desde o lançamento da agenda mínima, apresentada pelo governador, na qual se destinou a bagatela de R$ 3 milhões de reais, por duas noites de show, de alguns artístas paraenses escolhidos à dedo para se apresentarem em São Paulo, o que representou o que será a metade do custo operacional das cinco secretarias especiais que Jatene pretende recriar ainda este ano e que juntas custarão ao erário R$ 6 milhões de reais/ano, 500 mil/mês.

Para se ter idéia de como é bom um DAS na Secretaria de Comuicação do Estado, um dos seus diretores recebeu apenas este mês, somente em DIÁRIAS, a bagatela de R$ 3.564,00 mil reais e ficará até o mês de Julho, sete dias após o evento em sampa, por conta do Terruá Pará, fazendo a pós-produção, disque.


Pra quem recebeu uma “herança maldita”, não tá nada mal, hein?!!

Atualização.

Um olhar mais atento no site Transparência Pará, me mostrou que houve "anulação de empenho do próprio exercício" no valor de R$ 1.118,00 reais, ficando então com o total de R$ 2.376,00 em diárias este mês, pela participação de 3 eventos do referido servidor.