Pesquisar por palavra-chave

sexta-feira, maio 02, 2014

Imprensa paraense ignora pedido de criação da Universidade Federal do Marajó

Presidente Dilma recebeu a reivindicação para a construção da Universidade Federal do Marajó.
Pelo que me consta, o fato histórico foi sumariamente ignorado pela imprensa local, que faz vistas grossas para a luta de populares para a implantação de mais uma universidade no Estado do Pará, dessa vez no Marajó.

Até quando jornalistas e empresários da comunicação ignorarão as demandas por melhorias que surgem sem o atrelamento político-partidário e farão jornalismo de verdade?

Depois quando pedem para dividir o Estado do Pará, aparece um monte de defensor que ele fique inteiro, injusto e insensível aos desmandos e a falta de políticas públicas nas diversas regiões.

Deixo abaixo a postagem do blog do Movimento Marajó Forte que noticiou o fato que deveria ter sido, mas não foi, divulgado pela grande imprensa.

Durante a solenidade de formatura de 1,2 mil alunos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), em Belém (PA), na última sexta-feira (25), a presidenta Dilma Rousseff afirmou que os 201 milhões de brasileiros são o maior patrimônios do país. Ela afirmou que o Brasil é cheio de oportunidades, como o próprio Pronatec, e também por conta de riquezas como o petróleo e a agricultura, mas que para elas terem sentido, precisam estar acompanhadas da valorização dos cidadãos.

“Tenho certeza que o nosso país é um país cheio de oportunidades. Primeiro pelas nossas riquezas. Temos minérios, temos uma agricultura desenvolvida. Temos petróleo. Esse de fato é um país abençoado por Deus, e como diz a música, é bonito por natureza. Mas o maior patrimônio desse país são os 201 milhões de brasileiros e brasileiras. Nada se compara a esse patrimônio”, analisou Dilma. 

Durante a cerimônia, no momento do pronunciamento do Exmo. Sr. Ministro da Educação, Paulo Paim, que falava da criação de novas Universidades Federais no Pará, que a presidenta recebeu do Movimento Marajó Forte (MMF) documento apresentando a demanda pela criação da Universidade Federal do Marajó e, uma camisa do Marajó Forte alusiva a CAMPANHA PRÓ-CRIAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARAJÓ. 

Nós do Movimento Marajó Forte estamos otimistas e esperançosos com o gesto e sensibilidade da Presidenta que solicitou aos seus assistentes que recebessem das mãos da Marluth Fialho o documento e a camisa. E, felizes quando Dilma recebeu em suas mãos, leu atentamente, balançou positivamente a cabeça e, depois levantou por duas vezes para mostrar ao público presente o documento e a camisa que acabara de receber. 

Sumano@s, a demanda foi entregue para a pessoa que tem o poder de tornar realidade o sonho de milhares de Jovens Marajoaras que ainda não tiveram a oportunidade de ingressar no ensino superior em nossa região. 

Simbora adiante sumano@s!!!

Esta luta não será em vão!!!

Forte Abraço & Saudações Marajoaras!!!