Pesquisar por palavra-chave

quarta-feira, fevereiro 24, 2016

Apesar do bombardeio midiático contra Lula e o PT, cresce aprovação de Dilma e diminiu a rejeição



No Valor Econômico, sob o título "Aprovação do governo Dilma sobe para 11,4%, aponta CNT/MDA"

A avaliação positiva do governo Dilma Rousseff subiu para 11,4% na pesquisa CNT/MDA divulgada nesta quarta-feira, ante o resultado de 8,8% registrado em outubro. Para 62,4% dos entrevistados, a avaliação do governo é negativa, número inferior aos 70% registrados em outubro do ano passado. 

A avaliação pessoal da presidente subiu quase seis pontos percentuais, passando de 15,9% em outubro para 21,8% em fevereiro. A desaprovação caiu de 80,7%, na última pesquisa, para 73,9% agora. Em fevereiro, 4,3% não sabem ou não quiseram responder à pergunta. 

A pesquisa, divulgada pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT), foi realizada entre os dias 18 a 21 de fevereiro. 

Foram entrevistadas 2.002 pessoas em 137 municípios de 25 Unidades da Federação. 

A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais, com nível de confiança de 95%. 

Dificuldade para lidar com a crise 

Para 79,3% dos entrevistados a presidente não está sabendo lidar com a crise econômica. Em outubro de 2015 esse percentual era R$ 80,6%. Para 64,1% dos entrevistados, a avaliação é de que em três anos ou mais será possível resolver a crise em que o país se encontra. 

Ainda de acordo com o levantamento, 52,2% consideram que a crise mais grave atualmente é a econômica, enquanto 44,1% consideram que mais grave é a crise política. Em outubro de 2015 esses percentuais eram de 60,9% e 35,4% respectivamente.