terça-feira, junho 07, 2016

Investigado por corrupção, Wlad defende inocência de Cunha