Pesquisar por palavra-chave

terça-feira, janeiro 23, 2018

DOXA esclarece que não há pesquisa que indique empate técnico entre Helder Barbalho e Márcio Miranda

Dados da última pesquisa Doxa foram divulgados junto com uma enquete, causando confusão entre internautas.

O Instituto DOXA Pesquisas vem a público esclarecer que realizou sua última pesquisa eleitoral para aferir a preferência do eleitor paraense, entre os dias 26 e 29 de Novembro de 2017 e deu publicação da mesma através de seu site, blog e fanpage, além de blogs que sempre divulgam nossas pesquisas. No entanto, estranhamos o título da publicação do blog Espaço Aberto - Porque o amor e a alegria vão vencer!!!, que traz a chamada: "Empate técnico no Pará: Helder 31,8% X Miranda 29,1%". 

A publicação utiliza gráficos e cita dados de nossa última pesquisa e os mistura com outro gráfico de uma enquete online, realizada durante os últimos dias, na plataforma Ferendum.com

Aqui você confere os dados da última pesquisa DOXA

Para nossa empresa, tal ação pode confundir o eleitor paraense e tentar atrelar a credibilidade de nosso trabalho, com enquetes produzidas para especular cenários, lançar de forma indireta alguns nomes ao debate político e animar os bastidores da disputa eleitoral.

Consideramos insanas algumas táticas para alcance de resultados positivos para os partidos e suas candidaturas e por isso, reafirmamos que nossas pesquisas revelam com clareza, resultados bem diferentes do que apresentou a chamada da publicação do blog acima citado.  

Portanto, reafirmamos que em nenhum momento divulgamos pesquisas que apresentem um empate técnico entre os pré-candidatos para a disputa do próximo pleito eleitoral.

A já citada última pesquisa DOXA contou com 1.985 entrevistas e claro, foi realizada utilizando-se de metodologia científica, com pesquisadores presentes em diversos municípios, distribuídos pelas seis (6) mesorregiões do Estado do Pará; apresentando margem de erro de 3,5% e o Intervalo de Segurança de 95%.

Dornélio Silva - Instituto DOXA Pesquisas.