Pesquisar por palavra-chave

terça-feira, fevereiro 26, 2008

Tem Que Dividir

Não tem nada de estranha a entrevista da governadora Ana Julia sobre o crash ambiental do estado, conforme interpreta a jornalista Míriam Leitão, de O Globo.Estranho é o país ficar com o bonus e o estado com o ônus. Os recursos destinados ao Pará no programa Territórios de Cidadania, lançado ontem em Brasilia, começam a mostrar isso. Pela primeira vez o Pará fica na dianteira dos recursos de um programa federal.Mas ainda é pouco. Ana Julia também deve ir prá cima dos estados emisores de contingentes populacionais, co-responsáveis - pela incompetencia de gerar empregos e investimentos em seus próprios limites territoriais - pela desordem demográfica que assola o Pará, embora o governo disponha de instrumentos, no licenciamento ambiental de novos projetos, por exemplo, de contenção de parte deste movimento.

The Last

Ao que tudo indica as eleições da UEPA que andava com seus desdobramentos contigenciados na justiça, dão ares de resoluções que independem deste poder, ficando agora na devida esfera governamental a decisão de nomeação do candidato mais votado para o cargo de reitor daquela universidade. Dentro do PT, passa-se lista de apoio como the last (como chama a última música da feria do som, o apresentador Edgar Augusto) tentativa de manter pressionada a governadora para que esta nomeei seu "companheiro" ao invés do candidato mais votado, mas tudo tem indicado que o atitude de Bira tem se revelado cansativa e desgastante até para si mesmo, pois com o intuito de pressionar exigindo apoio político-partidário, causa contrangimento à quem por este é procurado. Foi o sentimento que diversos militantes e dirigentes petistas declararam nos últimos dias às Falas. No mais, nos corredores da badalada corrida eleitoral de 2008, já se revela que o vereador Marquinho, acena para compor o governo estadual, numa posição que lhe garantiria manter condições de ter sua autonomia como parlamentar em 2008 em diante, sem ter que estar com a cabeça na guilhotina por conta das ameaças de retorno de Bira à câmara de vereadores, de onde saiu para ser secretário adjunto e candidato à reitor da UEPA deixando a suplência de seu mandato ao Marquinho da Condor pra alguns, das torcidas para outros e do PT para tantos outros e outras. Com essa confirmação, nos próximos dias, configura-se que a governadora e a sociedade organizada e formadores de opinião conseguirão ver fazer valer o direito democrático e finalmente a UEPA terá seu novo reitor eleito, nomeado. Demorou mas o que era para acontecer está próximo. Tirando o desgaste desnecessário - mais educativo - fica a pergunta: Quem ganhou e quem perdeu com mais de 3 meses de emblóglio sobre o caso?

As Falas de Incentivo

Olá,
Li o seu texto, adorei!
Eu estava procurando material de apoio para o meu TCC, e "As falas da pólis" apareceu na hora certa. Gostaria de saber o seu nome, sua profissão, data que escreveu o texto, onde foi publicado. Dados que possam contribuir com a minha bibliografia.
O meu tema será Ética jornalistica no Pará. Vou analisar a cobertura do caso "Mostro da Ceasa" sob o ponto de vista sensacionalista dos jornais Diário do Pará e O liberal. Vou precisar de umas passagens do seu texto como referencia. Tudo bem?
Obrigada
Ana Priscila Monteiro Nunes

As Falas de Apoio


Prezado, Dimi.

Estamos às vésperas de um acontecimento importantíssimo para o nosso Estado que é a eleição para a vaga de Desembargador, aberta com o falecimento do saudoso Dr. Geraldo Lima, Advogado Histórico do PT, Ex-Secretário de Finanças do Governo do Edmilson. Embora desse processo só participem Advogados, posto que se trata da vaga do 5º Constitucional reservada à OAB, seus efeitos incidirão sobre os destinos de todos nós paraense em geral, visto que nas mãos deste Desembargador ou desembargadora estarão os poderes de decisão sobre os direitos fundamentais de todos nós.

Sobre esta questão, que sempre foi regulada por interesses privados e pelas dinastias advocatícias de nosso Estado, há um fato novo marcado pela candidatura do Advogado e Professor Dr. Paulo Weyl, ao qual anunciei apoio e as razões do apoio, bem como uma reflexão/manifesto em relação a importância desse momento histórico. Gostaria de lhe pedir, um imenso favor, que posta-se em seu blog essa notícia, além do manifesto, pois essa é a oportunidade de pautarmos publicamente esse debate, para além dos tradicionais guetos escuros do poder onde sempre estiveram, a eleição é no dia 07/03, véspera do dia internacional da mulher, dia mais simbólico não haveria. espero contar com seu espírito público.

Abraços calorosos.

Marcelo Costa.