Pesquisar por palavra-chave

segunda-feira, abril 07, 2008

Hasta La Vista!

Um tanto quanto atrasado, mas registra-se aqui a fala do presidente Hugo Chavéz durante sua visita ao Estado, onde em sua saudação é aplaudido "pelos mais diversos, vibrantes e vivos movimentos sociais do Pará e da Amazônia Brasileira", como ele mesmo frizou durante mais de uma hora de discusso no Hangar.
O destaque é grandioso, mas As Falas não poderia omitir as vaias por porte do público presente ao prefeito Duciomar Costa, numa clara demostração que o mesmo não obeterá os carinhos diplomáticos da base petista, nem nesse nem no próximo milênio.

Mais uma

Terminou ontem a III Conferência das Cidades realizada desde sexta-feira no Hangar. Quase duas mil pessoas passaram pelo local, entre delegad@s, observadores e convidad@s . O clima foi tranquilo do início ao fim, o que surpreendeu, mas notoriamente entendido dada a habilidade política com que foram tratados temas polêmicos como as demandas do "setor produtivo" que não se contentam com os limites impostos pelos governos federal e estadual ao setor florestal e do agrobussines. Mas o verdadeiro parabéns vai aos integrantes da COE - Comissão de Estadual Executiva, com destaque para os membros da sociedade civil organizada que foram imprescindíveis na organizaçao e execução das conferências municipais e estadual de meio ambiente. É o controle social, mostrando que pode contribuir e muito para os novos rumos do nosso Estado.

Reforço

Dú Repórte 70
CULTURA
Diretor
Passado o vendaval, o secretário de Cultura, Edilson Moura, está prestes a mandar para o Diário Oficial o nome do substituto de Patrícia Guilhon na diretoria de Cultura da Secretaria. Trata-se de Carlos Henrique Figueiredo, arquiteto e funcionário da Fumbel, cedido à diretoria de Leitura e Formação do Centur. Carlos Henrique é militante do PT e amigo pessoal da governadora Ana Júlia - um 'imexível', digamos, no caso de a classe artística achar que ele não é 'o cara' para o setor.