Pesquisar por palavra-chave

quinta-feira, abril 10, 2008

A história de Hoje

Morre Auguste LumiéreEm 10 de abril de 1954, morre o francês Auguste Lumiére. Auguste, com o irmão Louis, inventou o cinematógrafo, equipamento que originou o projetor de cinema. Em 1895, os irmãos exibiram pela primeira vez imagens projetadas em uma tela. Louis dedicou a vida ao cinema, já Auguste seguiu a carreira da medicina. 1495 - Uma reunião dos Reis Católicos fixa as condições para autorizar as viagens para a América: habitar, comercializar e fazer descobrimentos no território. 1826 - A Nicarágua sanciona sua Constituição e elege o primeiro chefe de Estado: Manuel de la Cerda. 1861 - Inicia a Guerra da Secessão entre os Estados do Norte e do Sul, nos Estados Unidos. 1892 - É decretado estado de sítio de 72 horas no Rio de Janeiro. 1871 - Este foi o dia mais terrível da epidemia de febre amarela que assombrou Buenos Aires. 1912 - O Titanic, o navio mais seguro que já houvera sido construído, sai de Southampton, Inglaterra para sua primeira e trágica viagem. 1919 - O revolucionário mexicano Emiliano Zapata morre a tiros em uma emboscada, no Estado de Morelos. 1920 - O general polonês Pilsusdki invade a Ucrânia e se apodera de Kiev, por onde inicia a guerra russo-polonesa. 1922 - Russos e alemães sabotam a conferência de Gênova, que discutiria a reconstrução da Europa depois da Primeira Guerra Mundial. 1932 - O Presidente alemão Paul Von Hindenburg é re-eleito. Adolf Hitler é o segundo colocado. 1932 - Nasce Omar Shariff, ator egípcio. 1936 - O ex-presidente do México Plutarco Calles é deportado do país. 1938 - A unificação da Áustria e da Alemanha é aprovada. 1941 - Segunda Guerra Mundial: os alemães sitiam Tobruk, defendida pelas tropas anglo-australianas. Forças norte-americanas desembarcam na Groelândia. 1946 - São realizadas as primeiras eleiçõoes no Japão por sufrágio universal e com participação feminina. O Partido Liberal sai vencedor das eleições. 1948 - O presidente colombiano, Mariano Ospina Pérez, forma um novo governo de união nacional e pede aos liberais que contribuam ao restabelecimento da ordem. 1954 - Morre Auguste Lumiére, francês, inventor do cinematógrafo. 1956 - A reabilitação de Gomulka, na Polônia, mostra o avanço do processo de desestabilização nos países do Leste. 1959 - O príncipe japonês Akihito se casa com Michiko Shoda, uma mulher que não fazia parte da nobreza do país. 1970 - Paul McCartney anuncia o fim dos Beatles. 1971 - A equipe americana de tênis de mesa visita a China comunista em uma tentativa de melhorar as relações entre os dois países. No ano seguinte, o presidente Nixon chega ao país, e os atletas chineses vão aos Estados Unidos. 1974 - A primeira-ministra de Israel, Golda Meir, anuncia que vai renunciar ao seu posto. 1981 - O Parlamento Europeu condena o regime militar turco pela supressão das instituições democráticas. 1984 - Nasce o primeiro bebê procedente de um embrião ultracongelado, na cidade australiana de Melbourne. 1987 - Seis pessoas morrem e quatorze ficam feridas em um atentado contra um restaurante de Lima, no Peru, freqüentado por militares da Divisão Blindada Peruana. 1992 - O partido do presidente iraniano Ali Akbar Hachemi Rafsanyani obtém 136 dos 270 votos que compõem o Parlamento. 1998 - Os partidos da Irlanda do Norte chegam a um acordo de paz, pondo fim a 30 anos de violência. 2000 - Um leão do Circo Vostok mata o menino José Miguel Fonseca Junior, de 6 anos, em ecife. 2000 - O pesquisador francês Luc Montaignier apresenta um novo método para detectar o vírus da Aids: um exame de urina registra a presença de anticorpos ao HIV. 2001 - A Holanda torna-se o primeiro país do mundo a legalizar a eutanásia, sob certas condicões, como a morte cerebral confirmada.
Guernica é um painel pintado por Pablo Picasso em 1937 por ocasião da Exposição Internacional de Paris. Foi exposto no pavilhão da República Espanhola. Medindo 350 por 782 cm, esta tela pintada a óleo representa o bombardeio sofrido pela cidade espanhola de Guernica em 26 de abril de 1937 por aviões alemães. Atualmente está no Centro Nacional de Arte Rainha Sofia, em Madrid.

Fonte: Wikipedia


Cara de Pau Sai Tarde

O cara de pau que decorou com alto luxo seu "apê" com dinheiro de pesquisa da UNB, se afasta e cria uma onda de otimismo à quem lutou por isso, ou seja, o movimento estudantil, embalado pelo PSTU e PSOL.

Algo que nos exemplifica é o fato do governador Arruda (DEM) de Brasília, não intervir como se faz por aqui e lá será o CONSUN que deliberará sobre a questão de como fica a gestão da universidade, já que discutiram, o sindicato dos Técnico-administrativos e dos professores, bantendo martelo e aceitando - é claro - a decisão de afastamento provisório do reitor "pila".

Já a classe estudantil vai além disso: querem a queda do vice-reitor que assumiu e mudança na engenharia do pretenso processo eleitoral à ser costurado por acordo entre as categorias, atuantes no CONSUN, ou seja, peso igual para as categorias no processo eleitoral, que agora configura 70% para os professores e 15% para os estudantes e os outros 15 para os funcionários.
Exemplar! Isto nos mostra como deve agir a universidade numa situação como esta, garantindo sua autonomia e gestando suas crises.

Leia mais aqui

Puty Assume

Claúdio Puty, ex secretário de governo é o novo Chefe da Casa Civil da governadora Ana Júlia.

Caiu o Homem Forte (?)


Charles Johnson da Silva Alcantara, o Ex-Chefe da Casa Civil, agora desempregado, retomará ao certo sua atuação política, mas por hora, por fora do governo.

Às 12:30 recebi a informação, devidamente checada com fontes seguras, na qual soube que o homem forte do Governo Ana Júlia, o mesmo que recentemente arquitetou a intervenção na UEPA e manteve-se com a caneta de negociação dos cargos de todos os escalões do governo estadual, renunciou - sabe-se lá por quais motivos - seu cargo.

Assessor de Paulo Rocha foi o último à ser despachado pelo então chefe da Casa Civil.

Mais informações logo, logo!

Bem vindo, companheiro ao sub-mundo dos sem-cargos!

Lotação

A operação que prendeu José Natalino Pereira Torres, prefeito do município de Itambacuri (MG), levou para a mesma cela o marginal juntos com a gangue presa em outra operação da PF.
O esquema desvia dinheiro público do FPM e causou enorme prejuízo ao povo brasileiro, assim como muitos outros esquemas que estão sendo desbaratados com a ação da polícia federal.

Direitos Humanos

Começa hoje no hotel Beira-Rio o Seminário " Pelo Direito à Memória e à Verdade" promovido pelo O Movimento Nacional de Direitos Humanos – MNDH e entidades filiadas. Um dos objetivos centrais do seminário é "criar mecanismos de combate a impunidade e a cultura de criminalização dos movimentos sociais, a partir da proposta de revisão legislativa e punição aos violadores de direitos humanos na ditadura militar e patrocinadores da criminalização dos movimentos sociais." Abertura começa às 18:00h e vai até amanhã às 19:00h. Serviço LOCAL: Hotel Beira Rio. ENDEREÇO: Av. Bernardo Sayão , 4804, bairro Guamá E-maiL: eventos@beirariohotel.com.br telefone: (91) 4008-9000 INCRIÇÕES LIMITADAS A 200 PARTICIPANTES.Sede da SDDH: Av. Gov. José Malcher 1381, Nazaré, entre 14 e generalíssimo.

Dá-lhe Nelles !!

Em nenhuma democracia séria do mundo, jornais conservadores, de baixa qualidade técnica e até sensacionalistas, e uma única rede de televisão têm a importância que têm no Brasil. Eles se transformaram num partido político – o PIG, Partido da Imprensa Golpista.
Deputado Federal Ciro Gomes em detalhes na folha e no PHA

O Mito pós-FHC



O tal do terceiro mandato de Lula tá dando o que falar, por essas e outras bandas.

Para enterdemos bem isso, basta apenas uma observação mais atenta e verão que o que rolará por baixo dessa ponte será outra coisa, como postei como comentário no quinta sobre a questão por lá tão comentada.

Abaixo uma observação de uma das "meninas do Jô" dos tempo do dito mensalão, postado no blog do Noblat

Olha o terceiro mandato aí, gente!



Do blog da cientista política Lucia Hippolito:

Se tudo correr de acordo com o script, hoje o deputado petista Devanir Ribeiro começa a colher as 171 assinaturas necessárias para apresentar na Câmara a proposta de emenda constitucional que extingue a reeleição e aumenta o mandato presidencial para cinco anos.

O deputado parece ter abandonado aquela idéia meio delirante de convocar um plebiscito para que as massas pressionassem o Congresso a conceder o terceiro mandato ao presidente Lula.

Por que a idéia é meio delirante? Pelo risco de manipulação da vontade popular.

Muito diferente será a aprovação de uma emenda constitucional, que cumpra todo o rito: discussão e votação em dois turnos em cada uma das casas do Congresso e aprovação por quórum mínimo de três quintos (308 deputados e 49 senadores).

Depois de aprovada a emenda, nada impede que se convoque um referendo, isto é, que se pergunte ao eleitorado se ele concorda com um terceiro mandato.

Foi o que fizeram os franceses em 2000: encurtaram o mandato do presidente da República em dois anos (de sete para cinco anos) e depois perguntaram se o eleitorado concordava.

Concordou.

A duração do mandato presidencial é, não custa lembrar, produto de um consenso. Cada país regula este assunto conforme lhe pareça mais conveniente. Há mandatos de quatro, de cinco e até de sete anos. Com reeleição ilimitada, com reeleição limitada e mesmo sem reeleição.

Tudo é uma questão de acordo entre as forças políticas. Para isso, existe a Constituição.

No Brasil, desde o início da República já tivemos mandatos de quatro, cinco e seis anos. Sem reeleição. Agora temos um mandato de quatro anos com direito a uma reeleição.

Para mudar, basta acordo político e alteração na Constituição. Não é cláusula pétrea, não se está usurpando nenhum mandato constituinte original. Três quintos em cada casa, duas votações. E pronto. Perfeitamente legal, legítimo e constitucional.
Alguém poderia argumentar que as regras estariam sendo mudadas no meio do jogo, com o nítido objetivo de beneficiar o presidente Lula.
Mas o precedente foi aberto lá atrás. Quando se votou a emenda da reeleição em 1997, os tucanos deveriam aceitar que ela passasse a valer apenas para o sucessor de Fernando Henrique.

Entretanto, como a reeleição foi aprovada explicitamente para permitir a reeleição de Fernando Henrique, nem tucanos nem democratas poderão se queixar se a PEC do deputado Devanir Ribeiro for aprovada e, com isso, viabilizar um terceiro mandato para o presidente Lula.

Um dia da caça, outro do caçador.

Agora, cabem algumas observações. É politicamente conveniente? Não, porque o Brasil andará na contramão da História.

As democracias mais avançadas adotam cada vez mais consultas mais freqüentes ao eleitorado, isto é, mandatos mais curtos.

Portanto, adotar um mandato de cinco anos é andar para trás.

Mas é preciso reconhecer que, se o terceiro mandato for aprovado, o Brasil estará em perfeita sintonia com seus vizinhos da América do Sul.

Atualmente, estamos vivendo uma onda de continuísmo. Mais populista ou menos populista. Mas certamente continuísta.

Os dados serão lançados hoje.

Já Ana Júlia, empolga-se e dispara pra galera que gosta de gasolina na fogueira

Curriculos na Mão

A Fundação da criança e do Adolescente do Pará está precisando de currículuns de arte-educadores para a sua programação do segundo semestre para as seguintes oficinas: Rádio Educativa, Discotecagem(DJ), Rap(Rítmo e Poesia), Grafitagem, Artesanato com sucata, Reciclagem de papel, Pintura em tela e Capoeira.

É importante constar nos currículuns os dados pesoais, tais como: Xérox do comprovante de residência no nome da pessoa(ou declaração do titular), RG, CPF, PIS e proposta de trabalho com valor do serviço. Os mesmos deverão ser entregues na Gerência Sóciopedagógica - Sede da FUNCAP, na Av. Augusto Montenegro, s/n, Km 09. (próximo à SEDUC)