Pesquisar por palavra-chave

segunda-feira, junho 09, 2014

O Liberal descobre que ex-aliado de Jatene é investigado

No Pará é assim: Meu amigo, protegido. Adversário, tá f....

É dessa forma que o jornalista Ronaldo Brasiliense - recentemente descoberto por operar o Mensalão do PSDB no Pará, num esquema onde ele recebe dinheiro do governo do Estado para atacar adversários dos tucanos e da família Maiorana (Retransmissora Globo/Jornal OLiberal) - trata aqueles que não rezam na cartilha de "orientações" do governador Simão Jatene.

Clique a imagem, leia e depois voltamos.


Recentemente escalado para ser colunista em OLiberal, Ronaldo Brasiliense atua como cão de guarda do PSDB.

Não precisou de mais do que um dia, depois de ter termos a notícia confirmando que o PMDB, PT e DEM estão juntos contra o PSDB nas eleições do Pará e aquele que era amigo, rapidamente virou inimigo e assim, teve sua vida vasculhada por aquele que até os garçons do bar do Parque conhecem como o Totó do Orly.

A matéria, que todos sabemos é paga com recursos públicos, nada mais é do que uma retaliação ao deputado federal Lira Maia (DEM-PA), por este ter desembarcado da canoa furada que tornou-se a candidatura do atual governador Simão Jatene (PSDB) que pelo tudo indica, concorrerá à reeleição em Outubro e deverá enfrentar, o até então amigo e aliado, agora como vice na chapa de Helder Barbalho (PMDB). 

Se você for fazer uma pesquisa com o nome de Lira Maia nos jornais da Família Maioria, verá que seu nome nunca foi citado em alguma matéria que revelasse os processos que tem no STF. As informações trazidas agora ao conhecimento público, dormiam silenciosamente nos arquivos da rica família que controla centenas de emissoras de rádio, TV e jornais no Pará e agora vem a público como se fossem novidade.

Mais uma vez, vemos em ação o jornalixo provinciano e cheio de vícios mal-caratismo dos que pousam de santos e protegem seus aliados e patrões com todo seu $uor, destilando ódio e perseguição contra seus adversários. 

Como já havia dito em outro post deste blog: "Para os estudantes de jornalismo, eis aí um bom exemplo do jornalismo canalha, indigente e sem o mínimo de ética que não deve ser seguido."