Pesquisar por palavra-chave

sábado, agosto 16, 2014

ORM e PSDB: A relação umbilical entre a imprensa e a política

Caminhão de entrega do grupo OLiberal é flagrado no comitê de campanha de Simão Jatene (PSDB)

Circula desde ontem nas mídias digitais, a foto de um caminhão das ORM - Organizações Rômulo Maiorana, controladora de emissoras de Rádios e TV (Globo) - além do jornal OLiberal, que foi flagrado dentro do Comitê Central da Campanha de Simão Jatene, governador do Estado do Pará e candidato à reeleição.

Não é de hoje que os paraenses sabem da relação umbilical da família Maiorana com a cúpula tucana e sua intima ligação comercial, que prioriza e enriquece os veículos de comunicação das ORM, nos contratos e destinação de verbas publicitárias, via governo estadual, nos 16 anos que o PSDB controla o Estado.

O PMDB, partido adversário do PSDB que tem como seu presidente o ex-prefeito de Ananindeua e candidato Helder Barbalho, que por sua vez é da família que controla a RBA - Rede Brasil Amazônia de Comunicação - principal concorrente comercial do grupo OLiberal, já estuda judicialmente qual a medida que adotará para que a justiça eleitoral e o Ministério Público apure a denúncia.

Em meados de Maio deste ano, um blogueiro já havia denunciado um esquema que envolve o governo do Estado, a agência de publicidade Griffo e um jornalista de OLiberal e do panfleto denonimado O Paraense. Na matéria, a denúncia até hoje sem notícia de haver qualquer investigação por parte do Ministério Público e demais órgãos competentes.

O escárnio é tanto que filhos e demais parentes de altos membros do judiciário paraense constam na folha de pagamento do governo estadual como assessores especiais e não há quem exercite o mínimo de moralidade pública por essas bandas.

Só nos resta as mídias digitais para a grita. Por isso, peço: #Compartilhem!


Siga-me no twitter @JimmyNight