Pesquisar por palavra-chave

terça-feira, janeiro 05, 2016

Suposta "pegadinha do assalto" acaba em prisão de advogada paraense

Imagem meramente ilustrativa. Fonte: Google.
Por Diógenes Brandão

Uma advogada que prefere não se identificar, contou com exclusividade ao blog AS FALAS DA PÓLIS, a sua versão sobre a prisão dela e de mais dois amigos, após a gravação de um vídeo que seria divulgado nas redes sociais como "pegadinha". 

O fato aconteceu na noite do último domingo (03), no município de Rio Maria, na região sul do Pará, onde um grupo de amigos foi preso na delegacia da cidade por 24h, acusados de roubo à mão armada e porte ilegal de arma, sendo liberados após o pagamento de fiança no valor total de R$ 8.100,00.

Segundo a advogada, ela e mais quatro amigos, sendo dois jovens de 18 anos e duas adolescentes resolveram fazer uma pegadinha, escolheram um jovem que estava sozinho e simularam um assalto, levando o celular da "vítima". Logo em seguida, após consumado o fato, voltaram e devolveram o aparelho. 

No entanto, o rapaz "assaltado" não gostou da brincadeira e pediu ajuda para alguns mototaxistas que perseguiram o grupo, que adentrou uma festa. O rapaz assaltado acionou a polícia militar e uma viatura capturou o trio brincalhão, levando os acusados para prestar esclarecimentos na delegacia da cidade e 24h depois, o grupo foi liberado, após o pagamento de fiança arbitrada pelo delegado de plantão. A brincadeira custou a bagatela de R$ 2.700 para cada um dos envolvidos.

Segundo uma fonte do blog, o boletim de ocorrência consta das acusações de corrupção de menor, associação criminosa, porte ilegal de arma (arma com numeração raspada) e roubo. Ainda segunda a mesma fonte, membros da OAB-PA foram notificados sobre o fato, mas até agora a entidade não emitiu nenhuma nota sobre o ocorrido.

Além disso, nenhum veículo de comunicação local noticiou o ocorrido, talvez pelo fato de envolver pessoas de classe média alta e influência política. "Se fossem negros e pobres, teriam suas fotos publicadas nas páginas policiais e exibidas em programas de TV do gênero", resume a fonte do blog.