Pesquisar por palavra-chave

quinta-feira, agosto 03, 2017

Pesquisa DOXA desmente Wlad e revela que Temer é reprovado por 90% dos paraenses

Diferente do que Wlad disse, Temer não tem 80% de aprovação e sim 2,03%, conforme revela a DOXA pesquisas.

Por Diógenes Brandão

Wladimir Costa acusou os institutos de pesquisa IBOPE e DATAFOLHA de mentirem, ao mostrarem a altíssima rejeição do presidente e disse, em alto e bom som, que Temer tem a aprovação de 80% dos paraenses. Pesquisa DOXA afirma que é o contrário: 90% dos paraenses reprovam Temer e apenas 2,3% aprovam seu governo.

Ao ser escalado pela ala governista, na sessão que apreciou o pedido de arquivamento do pedido feito pela Procuradoria Geral da República, para que o STF investigue Michel Temer, entre outros impropérios, o deputado federal Wladimir Costa (SD-PA) usou como argumento de ataque e defesa, a acusação de que os institutos de pesquisa IBOPE e DATAFOLHA mentem ao mostrarem a altíssima rejeição em que Temer se encontra perante a população brasileira. 

Como se não bastasse, sem a preocupação de mostrar qual a fonte que ele se baseava para tal afirmação, o deputado do Solidariedade - partido que tem como presidente nacional - o ex-sindicalista e hoje deputado federal Paulinho da Força (SP) - disse, em alto e bom som, que Temer tem a aprovação de 80% dos paraenses.

Na tarde desta quinta-feira (03), o cientista político Dornélio Silva, que comanda o Instituto DOXA pesquisa, afirmou em seu facebook justamente o contrário, ao revelar números de sua mais recente pesquisa.

Veja a publicação:



Sem projetos e o que mostrar, Wlad busca mídia para reeleição

A pirotecnia e toda a encenação em defesa do impeachment de Dilma, trouxe ao deputado federal Wladimir Costa, a fama de 'deputado dos confetes', apelido midiático de reconhecimento nacional, até o último sábado, quando ele apareceu em Salinas com uma tatuagem de henna no ombro esquerdo, onde ostentava a bandeira do Brasil e o nome de Temer. 

Daí em diante, 'Wlad' como gosta de ser chamado, ganhou novas definições e pelo que percebe-se de seu comportamento midiático, ele se retroalimenta de polêmicas e assim visa obter a reeleição perante seu eleitorado.

No entanto, Wlad ignora que alimenta a repulsa e aversão de camadas da população que reprovam tal comportamento de um parlamentar, que está em sua função para exercê-la com respeito aos que lhe confiaram a representação e não agir tal como ele, sempre jocoso, ignóbil e espalhafatoso.