Pesquisar por palavra-chave

sábado, novembro 20, 2010

Preliminares da Eleição no Pará - I


Desde o fim das eleições venho excitando escrever minhas observações, todas derivadas de mera ação reflexiva sobre os causas e conseqüências da derrota eleitoral do governo Ana Júlia e o futuro do PT no Pará e no Brasil. Não consigo parar de pensar nisso!

É claro que sabemos da existência no PT de um forte melindre meliante de uma parcela de autoritários que imaginam que estão vivendo em pleno stalinismo - onde comentar assuntos partidários fora das arraias do clã, ainda é tido como heresia - mas toda e qualquer avaliação deste processo tende a considerar elementos e fatos que já são públicos e notórios por grande parte dos jornalistas e demais consumidores do noticiário político.

Das análises feitas por petistas, destacam-se postagens feitas no blog da professora Edilza Fontes, ex-superintendente do PTP e da Escola de Governo, candidata à deputada estadual pelo PT no último pleito - e do professor Fábio Castro, ex-secretário de Comunicação do governo Ana Júlia. Estes dois em seus respectivos blogs, até agora abordaram de forma singela e superficial o que a jornalista autora do blog A Perereca da Vizinha vem citando como erros da gestão e da coordenação da campanha eleitoral seja pela lideranças do PT e principalmente o politburo da DS, seja pela empresa de marketing baiana (LINK), contratada para cuidar de toda a campanha eleitoral, pelo mentor mor de Ana Júlia, o Sr. Paulo Heineck.

No entanto, outros petistas já começam à esboçar seu olhar crítico do processo eleitoral e os múltiplos prismas avaliativos trarão a diversidade petista, escondida pelos últimos meses, à flor da pele, pra cima da mesa do jogo partidário. Um deles, é o super-moderado Arroyo, que em seu blog inicia uma análise mais contextualizada e voltada para os princípios e rumos estratégicos que o PT vem discutindo nestes 30 anos de existência.

O que sem dúvida influenciará os níveis de avaliação e críticas entre as diversas tendências internas do partido será a estratégia e os interesses de cada organização/mandato/grupo para o processo eleitoral de 2012. Tal afirmação não é em vão haja vista que considera a mudança sistemática pela qual o partido encaminha-se, muitas vezes sem se dar conta do inexorável processo histórico que requer refluxo e avaliação permanente para que o vislumbramento pelo poder (executivo e parlamentar).

O PT foi o partido que mais se destacou na perspectiva de realizar profundas mudanças na tais como a priorização dos direitos dos trabalhadores e no alcance dos mais pobres aos direitos sócio-culturais e econômicos, não pode alterar seu comportamento político a ponto de aliar-se com adversários programáticos e compor gestões que revelem-se promíscuas, negligentes e até mesmo conservadoras, sob o risco de além de sofrer de uma cegueira que nos faça caminhar para o desfiladeiro da descredibilidade da sociedade.

2 comentários :

  1. O PT, precisa ter coragem e chamar pra uma avaliação após a saída da Ana Júlia do governo. Avaliar friamente, quebrar o pau, chutar o pau da barraca, dar nome aos bois, enfim, realizar um balanço mesmo. A derrota do governo não foi por acaso, a rejeição da candidata é algo que necessita de estudos, afinal como uma pessoa que outrora era totalmente carismática e agora é odiada inclusive por militantes. Precisa-se mostrar aos "professores de Deus" que um grupo não pode estar acima de um partido, que na sua essencia foi construído com princípios coletivos.
    E a CNB, tem que tirar uma linha de atuação, também coletiva, para o futuro do partido.

    Adm. Nonato Pereira
    nonattopereira@hotmail.com

    ResponderExcluir
  2. É companheiro Nonato precisamos de coragem para vermos os defeitos onde estão. Vc lembra disso
    Quem lembra dessa menssagem no BLOG DO BARATA?
    Barata, meu filho, o baixo clero também rouba e muito! Aqui na SEEL chegou uma tal de NAZARÉ ZUCOLOTTO, indicada pelo Dr. Otávio de Souza Pinheiro Neto, o edil Otávio Pinheiro. Pelo que soubemos essa figura impoluta, já passou pela SEDUC, foi afastada pois desviava recursos do erário estadual. Na Secretaria de Pesca, junto com um tal de Farias. Lá a dupla distribuía diárias (sem viagens). Foi afastada sob protestos do nobre vereador! Agora a Naza está na SEEL, mas já foi pega vendendo ingressos do jogo do Remo com o Flamengo. Está pleiteando vaga no financeiro da Secretaria de Esportes! O vereador briga e espernea, quer a pupila 'mexendo" com a bufunfa... De olho Barata.
    LEMBRARAM?

    Pois então vos digo que a Naza não parou por aí, ela seguiu da SEEL para a SEDUC, coitado do Albertinho que teve que levar essa Dona com a pecha de querer crescer sem visão de coletivo, para isso a Naza usou de algumas artimanhas pensando que todo mundo é besta ou cego, mais como diz o Alberdan meu mano tem muita gente de olho nela, olha os caminhos da Naza, colou na Shirley, sabem quem é a Shirley, nada mais nada menos que a irmã pustiça do Albertinho Leão, pessoa da mais alta confiança do tio Lalá e do Tio Paulo Rocha, sabe para que ela fez isso para chegar na cúpula sem fazer os caminhos das pedras, Albertinho, Tiana e Paulo Rocha, só com o Tio Lalá que ela não precisou usar a companheira porque aí ela usou outro artifício que é melhor não comentar, antes de descartar a companheira Shirley ela ainda conseguiu mais uma façanha fisgar um empresário de pesca amigo da nossa companheira que segundo comentários deu a ela um sítio onde ela deve construir sua mansão de repouso pois a outra do dia-a-dia ela já tem no SAT com a bufunfa que arrecadou na SEDUC usando nomes de terceiros e agora descartou a amiga, não as vemos mais juntas com frequencia deve ter alcançado seu objetivo. Quem pensa que a Naza parou dessa vez ainda tem mais agora ela só quer ser a superintendente da pesca adjunta do Albertinho, ela viu que o companheiro é dos mais valorosos e é gente boa então quer usá-lo não sei se para impressionar seu empresário ou para aumentar sua fortuna e pasmem o seu mestre Otávio Pinheiro é quem continua lhe bancando mesmo com sua longa ausência depois de provar o sabor do auto escalão . Dá um tempo NAZA o objetivo é moralizar a pesca e não aumentar ainda mais a sacanagem.

    ResponderExcluir