Pesquisar por palavra-chave

segunda-feira, fevereiro 17, 2014

Evento defenderá candidatura própria do PT para 2014


Cerca de 1.300 pessoas foram convidadas pelo Facebook e até agora apenas 90 confirmaram presença, mas os organizadores da Plenária "Sou PT. Quero votar 13", esperam lotar o auditório da APPD – Associação Paraense das Pessoas com Deficiência e acumular apoio junto à militância petista para o lançamento de candidatura própria para as eleições de 2014 para o governo do Pará.

O evento é fruto da articulação de tendências petistas contrárias à aliança com o PMDB ( que prepara-se para lançar o ex-prefeito de Ananindeua, Helder Barbalho), na qual este receberá o apoio do PT para o governo e o PT terá como retorno o apoio do aliado nacional para a única vaga ao Senado Federal, até aqui combinada para que seja do ex-deputado Paulo Rocha. 

O PT ainda não bateu o martelo sobre a tática eleitoral e o fará no fim de Março, mas as tendências majoritárias do partido já acenaram positivamente para consolidarem o acordo feito pela direção nacional petista com o PMDB, garantindo assim mais um Estado pedido pelo PMDB, para que este mantenha-se aliado na reeleição de Dilma.

Para muitos petistas, o que já não é fácil no cenário nacional, no Estado Estado do Pará se torna ainda mais difícil e o PMDB, que já teve apoio negado pelo PT no primeiro turno das eleições municipais de 2008 e só foi receber no 2º turno, observa com cuidado a movimentação de grupos minoritários, que conseguem convencer a base dos maiores grupos, de que a candidatura própria do partido é condição sine qua non para manter a coerência e o discurso petista de anos de luta contra as oligarquias empresariais e o fisiologismo na política.

A página do evento está aqui.

PT homenageia família de Feliciana e cabo Hélio

PT entrega a comenda "Isa Cunha" aos familiares de Feliciana e Cabo Hélio. Foto: Lucivaldo Sena.

Na festa de aniversário dos 34 anos do PT-Belém, realizada na última sexta-feira (14), o partido homenageou a família da militante Feliciana Mota,  assassinada junto com seu marido, o sargento Hélio, da Polícia Militar. Ambos foram baleados durante a fuga de três assaltantes, na tarde do dia 07 de Novembro do ano passado.

O Cabo Hélio, como era mais conhecido, e Feliciana foram ícones da luta sindical dos policiais  civis e militares do Estado do Pará e estavam sempre em busca de melhorias salariais e também das condições de trabalho para a categoria.


A família recebeu a comenda "Isa Cunha", entregue à lideranças do PT que destacam-se em sua militância partidária e contou com a presença de parlamentares, lideranças populares e dirigentes estaduais e municipais que compareceram à sede da Tuna Luso Brasileira, numa noite embalada por muitos encontros e debates sobre o futuro do partido na capital e no Estado do Pará.


Dia do Repórter


A maioria ganha pouco e trabalha duro para fazer com que a informação, por mais que muitas vezes seja manipulada pelos patrões, chegue ao povo. 

E pra não adentrar mais em nenhuma polêmica, desta polêmica profissão, que eu tanto respeito e admiro, venho desejar meus parabéns aos profissionais. 

Siga-me no twitter.