Pesquisar por palavra-chave

sábado, julho 20, 2019

Ursula Vidal e o gasto milionário do evento com "Safadão"

Ursula Vidal e Jader Barbalho, em evento realizado pela SECULT no memorial da Cabanagem.

Por Diógenes Brandão

Desde que foi contratada como radialista da Rádio Clube, emissora da família Barbalho, a jornalista Ursula Vidal apontou para o lado que passaria a defender a partir de então, em sua trajetória no campo político-eleitoral, onde já tentou ser deputada, prefeita de Belém e por último senadora. 

Após sair do PPS, ingressou na REDE e por último filiou-se ao PSOL, partido onde ficou menos de um ano, Ursula aceitou a proposta de declinar de sua candidatura ao governo, o que poderia retirar votos do então candidato Helder Barbalho e disputar uma vaga ao senado, mesmo sabendo que a derrota eleitoral seria inevitável, para após as eleições sabermos do preço do acordo político: A SECULT - Secretaria de Cultura do Estado do Pará. 

Criticada por jornalistas de peso, como Lúcio Flávio Pinto e percebendo a enorme indignação popular, após a notícia sobre o pagamento do cachê de quase meio milhão de reais para um show do “Safadão”Ursula Vidal rompe o silêncio e se posiciona em defesa do governo do Estado e dos seis (06) deputados estaduais que destinaram quase 3 milhões de reais dos cofres estaduais, para um evento no município de Conceição do Araguaia, onde cantores de forró foram contratados com cachês exorbitantes, através de um convênio entre o governo do Estado e a prefeitura, que entrou com uma contrapartida de menos de 4%, enquanto os outros 96% são oriundos do orçamento do Estado.

Leia o que Ursula Vidal disse no fim da noite deste sábado, 20, em todas as suas redes sociais, onde usou uma imagem com a frase "Fake News":


A verdade sobre o #FestVerão2019:  O FestVerão, em Conceição do Araguaia, é uma das mais potentes ações culturais da região sul do Pará. Movimenta a economia de vários municípios do entorno, fortalecendo a vocação turística das praias que se formam, ao longo do rio Araguaia,  nesse período do ano.

O festival promove a articulação de diversos setores ligados ao receptivo dos milhares de visitantes. Rede hoteleira, restaurantes, produtores culturais, artistas e o comércio local recebem uma significativa injeção de recursos, promovendo novos arranjos e incrementando a qualificação dessa imensa cadeia produtiva.

Valorizar as ações do verão em Conceição do Araguaia é um dever de todos aqueles que reconhecem a importância da cultura e do turismo para o desenvolvimento socioeconômico de um território. 

A Secult celebra este grande evento, bem como valoriza o imenso apoio dado pela Deputada Estadual Renilce Nicodemos, e pelos Deputados Osório Juvenil, Fábio Freitas, Chamonzinho, Miro Sanova e Wanderlan, no valor de 2 milhões e 880 mil reais em emendas parlamentares, repassadas ao projeto por meio da Fundação Cultural do Pará - FCP.

MENTE quem afirma que o Governo do Estado fez aporte financeiro no evento, por meio da Secult. Este recurso é integralmente oriundo das emendas e da percepção de nossos parlamentares sobre a importância de gerar centenas de empregos na região sul do Pará durante o veraneio. 

Lição de casa aprendida com o ‘Natal de Luz Gramado’, que investe 33 milhões de reais em recursos públicos e movimenta 2 bilhões de reais, durante o mês de dezembro naquela cidade. 

E que a VERDADE circule com muito mais  velocidade e responsabilidade do que a maledicência de quem tenta destruir políticas públicas sérias, voltadas para a geração de emprego e renda no nosso Pará!

Alexandre Siqueira lidera pesquisa eleitoral em Tucuruí


Via DOXA Pesquisas

Faltando 14 meses para as eleições municipais de 2020, a cidade de Tucuruí, mais do que nunca, pulsa eleições. Já se pode identificar os grupos políticos se movimentando para a disputa. 

O processo eleitoral é monitorado no municípioi desde as últimas três eleições, através de pesquisas de opinião, realizadas pela DOXA, um dos institutos com mais credibilidade no Estado, o que dá elementos suficientes para se fazer uma análise precisa da evolução do quadro eleitoral no município.

A eleição, 2016, foi polarizada entre o candidato do PMDB, Jones William e do PSDB, Jairo Holanda, candidato apoiado por Sancler, prefeito na época. Jones ganhou a eleição, mas em julho de 2017 foi assassinado. 

O vice, Artur Brito assumiu, mas o município teve momentos conturbados onde o vice foi afastado, assumindo o presidente da Câmara; depois Artur volta a assumir. Hoje, as pesquisas mostram uma insatisfação muito grande em relação à administração de Artur Brito.

Visando às eleições de 2020, os grupos políticos se articulam. Jairo Holanda se lança pré-candidato na expectativa de alcançar um resultado melhor, tendo em vista que ficou em segundo lugar na eleição passada.

O ex-prefeito Sancler que disputou uma vaga pra deputado estadual, mas perdeu a eleição, tenta rearticular-se. O grupo que apoiou Jones William lançou o empresário Alexandre Siqueira como pré-candidato.

Clique aqui e leia a Pesquisa Doxa em Tucuruí  na íntegra.