Pesquisar por palavra-chave

sexta-feira, dezembro 28, 2007


Assim como no Pará, a Síria tem um local chamado Maraba (sem acento), mas trata-se de um bairro e lá a prostituição de jovens e adolescentes é o triste resultado da invasão americana ao Iraque.

Depois de saqueado, agora o povo daquele país é obrigado à encontrar meios de se manter vivo, fora de sua própria terra, dada a insegurança que assola a região desde então.

Que 2008 seja o ano que os povos de todas as pólis, revoltem-se contra o terror e o imperialismo e construam efetivamente um mundo melhor para todas e todos.

Aos Povos...

Foto de Holanda Cavalcante

Liberdade ao povo Africano, Indiano, Palestino, Iraquiano, Árabe...e também ao Judeu explorado, ao Americano idiotizado, ao Brasileiro humilhado...

Daqui a algumas horas muitos não terão o que brindar, ou nunca tiveram.

Onçinha pitada, coelhinhos pintados...Abram seus olhos para o mundo e concentrem-se em mudá-lo!

Mais alguns se confraternizarão. Farão promessas de mudanças, desejarão paz, alegria, saúde...mas num mundo de excluídos e exploradores, até o dia em que isso não mudar, não teremos paz e toda perpectiva "positiva", estará invitavelmente abalada pela realidade nua e crua que nos reprime.

"Se calarmos até as pedras gritarão" (Pedro Tiera - Poeta )

Prudência e Canja nunca fazem mal


O pretensioso movimento que vem se articulando para tentar sabotar o processo democrático, resultante da eleição interna da UEPA que elegeu Silvio Gusmão o novo Reitor daquela universidade, tem seus dias contados.

As evidências e a sensatez, durrubam a possibilidade de Bira ser indicado pela lista tríplice.

Silvio Gusmão, já recebe apoio de vários grupos, inclusive por membros da ex-chapa que apoiou o Bira dentro do CONSUN da UEPA.

-" Terminada a eleição, agora eu fico com a decisão da maioria".

Esta foi a frase de um influente líder do PT, que durante as eleições manifestou apoio à Bira, assim como muitos outros petistas mas que agora poderá junto com os demais líderes, suplantar de vez a aventura que o grupo de Bira tenta para se recompor, tanto da derrota obtida no PED - seu grupo perdeu por falta de votos a vaga que tinha na Executiva do Diretório Estadual, instância máxima do PT - e do fiasco na campanha da UEPA.

Leia mais no blog do pessoal da UEPA

quinta-feira, dezembro 27, 2007

Precisamos de + ?


A comunicação social dos governos tucanos sempre foi criticada por seu modelo e a falta de sintonia com a realidade de seu público, assim como a área cultural era rotulada de elitista, e era.

Mas se formos mais fundo na questão há de se encontrar certo comodismo e reprodução de um sistema falido de interpretação do mundo institucional e que continua alojado nas paredes da Secretaria de Comunicação do governo Ana Júlia.

Já falei dentre outras questões, à cerca deste comportamento em outro post e agora venho fazer uma rápida avaliação de uma das responsabilidades da recém-criada secretaria.

Vou de ante-mão, me reportar ao portal do governo, pois este é o ultimo lugar que se encontra informações relevantes à cerca dos problemas do Estado e notícias de cunho mais ácido, tanto das tensões políticas, quanto dos incidentes que vira-e-mexe são explorados pela mídia.

Note-se que o caso da menina abusada e encontrada na delegacia de Abaetetuba com mais 20 homens presos, só foi noticiado, depois de vários dias na página oficial do governo com uma pífia declaração, depois de rodar o mundo, atribuindo-se insistentemente à figura do Estado a total responsabilidade pelo lamentável fato; o caso do contrato dos pilotos no Aeroclube, enfim.

Um órgão com a competência de posicionar a defesa da gestão e informar a sociedade sobre o trajeto tomado, não pode se furtar de ser ágil e contundente, neste mar de controvérsias que os aparatos comunicacionais nos permitem hoje em dia.

Transformada em Secretaria de Comunicação no mês de novembro - aumentando assim seu poder de fogo - a ex-Coordenadoria de Comunicação Social, se mantiver a “lógica” que hoje tem, dificilmente dará conta do árduo compromisso de um de seus desejos proclamado:a criação de uma sociedade mais democrática e politizada.

Para tal, deveria estar preparada para agir com a devida cautela e agilidade no processamento das informações, neste mundo em que estamos onde o time de emissão/recepção de mensagens acaba dando o tom aos fatos e suas conclusões, onde opinião pública e poder comunicacional se confundem para muitos e que a procura por elementos contraditórios, dos mais variados ângulos é a alternativa para quem busca se manter informado.

Mas sem aprofundar na questão, até porque o Secretário e também professor Dr. Fábio Castro sabe muito bem do que trato, pois mantinha um blog "acadêmico" que tratava justamente disso: Comunicação, Cultura e interatividade contemporânea, mas que foi abandonado assim que o talentoso professor foi nomeado ao cargo comissionado, com a justificativa de que a falta de tempo e sua nova função eram incompatíveis com a manutenção do espaço cibernético.

A práxis é esperada professor. Por isso, citarei um punhado de palavras retiras de uma das postagens de seu adorável blog:

Thomas Jefferson said it first: Communication - an informed public - is not optional in a democracy. If people don't know what's going on, freedom is an illusion. Good reporters are not scum. They are communicators. We need more"

Algum tradutor-voluntário se dispõe?

Hasta La Vista?


Almir Gabriel - Big-Mouse - anunciou neste mês de dezembro, que decidiu abandonar de vez a vida política - e o Estado que ele tanto dizia amar - e foi morar em São Paulo, onde a maior parte da Família já estava.

A notícia percorreu os dois maiores jornais com grande estilo, deixando encobertos, fatos que marcaram nosso povo, como a ordem em seu governo para a PM desobstruir a curva do "S", o que custou a vida de 19 pessoas até agora injustiçadas e outros mais recentes como o que nos informa o site da Procuradoria da República no Pará:

"O Ministério Público Federal acusa o bando - empresários, servidores públicos, contadores e funcionários das empresas ligadas ao esquema - de formação de quadrilha, fraudes em licitações, corrupção passiva, falsidade ideológica e sonegação previdenciária. Foram apontados como chefes da organização criminosa João Batista Ferreira Bastos - o Chico Ferreira e Marcelo França Gabriel".

Mas o fato que nos espanta é a posição do jornal dos Barbalhos, deixando um ar de vá com Deus e obrigado por tudo, ao conceder entrevista ao Senador Flexa Ribeiro do PSDB, quem mais lucrou na parceria com o ex-governador e fez questão de enaltecer a imagem de seu "sócio" e deixando sem voz aqueles que tanto esperam saber se o Almir sabia ou não quem era e como operava um esquema de corrupção milionário, ele o Big-mouse Jr., vulgo Marcelo Gabriel.

Se voltarem, que seja para visitar um Banco...

...o dos réus!

O Boff que não é de elite






Oscar Niemeyer e o comunismo como valor*.








Sua visão de mundo se funda no comunismo, ao qual foi fiel durante toda a vida, em tempos em contratempos. Mas trata-se de um comunismo como valor ético que visa a resgatar da sociabilidade humana, a capacidade de sentir o outro e de caminhar com ele como companheiro e não como competidor. "É preciso olhar o outro, ser solidário; as pessoas que só pensam em suas profissões não vêem a pobreza; só querem ser vencedores". Para ele o importante "não é ser arquiteto, ser especialista, ser mundialmente reconhecido. O importante é a vida e a amizade. A palavra mais importante da minha vida é solidariedade".


Essa solidariedade, especialmente para com os pobres, o torna simples como simples são as suas formas arquitetônicas. Vive a verdadeira humildade de quem comunga do mesmo húmus (donde vem humildade): "todo mundo é igual; a pessoa vem à Terra, conta a sua historinha e vai embora".

Nunca esquecerei uma longa conversa com ele durante um almoço em Petrópolis no final dos anos 70. Naquele dia acabava de retornar de Cuba. Eram ainda os tempos de relativa abundância, antes da queda da União Soviética.

Contava-lhe como era universal o sistema de saúde, como o ensino era aberto a todos, independentemente de sua extração social ou racial, como não se viam favelas na ilha e como a população incorporara uma vida de austeridade compartilhada. E referi-lhe as longas conversas com Fidel, noite adentro, sobre religião e a teologia da libertação que tentava e ainda tenta fazer do Cristianismo uma força de transformação histórica contra a pobreza e a marginalização social. Dizia-lhe citando Frei Betto: "Cuba parece uma Bahia que deu certo". Vi que Oscar ouvia tudo atentamente e seus olhos brilhavam de satisfação.

Qual não foi a minha supresa quando dias após li na Folha de São Paulo um artigo dele sobre a nossa conversa com um desenho de sua autoria: duas montanhas uma das quais encimada por uma cruz. E lá dizia: "descendo a serra de Petrópolis, eu que não creio, rezava ao Deus de Frei Boff, para que aqueles benefícios que Cuba realizou para o seu povo, chegassem também, um dia, ao povo brasileiro".

Por causa de sua solidariedade para com o povo cubano que sofre ainda um atroz embargo imposto pelos Estados Unidos, está abrindo em Cuba um posto avançado, uma escola de arquitetura, sem qualquer lucro, apenas o necessário para manter o escritório.

Pessoas assim nos fazem crer que o ser humano é resgatável, que a voracidade da acumulação privada de riqueza distorce o sentido da vida, que o ideal capitalista é profundamente perverso porque inumano, nada solidário e alheio à qualquer comiseração para com o próximo. Sua mensagem maior que vale mais que qualquer discurso de alguma autoridade religiosa foi expressa no Jornal do Brasil de 21 de abril deste ano: "O fundamental é reconhecer que a vida é injusta e só de mãos dadas, como irmãos e irmãs, podemos vivê-la melhor".


Com estas palavras fechamos 2007 com a esperança de que 2008 comece a realizar o sonho singelo deste ancião sábio e simples que, na construção da catedral de Brasília com seus braços estendidos ao céu, deu forma à sua secreta mística da solidariedade, nascida do mais puro ideal comunista.

Leonardo Boff - para ler mais sobre vida e obra, clique aqui
* Publicação autorizada pelo autor

terça-feira, dezembro 25, 2007

Acidente?



Um motorista, visivelmente embreagado, ao vir de Outeiro por volta das 08:30, leva ao plano espiritual, uma das sete irmãs e a genitora do Conselheiro Nacional das Cidades e Coordenador do Movimento Nacional de Luta pela Moradia, Sr. Miguel Lobato, mais conhecido como Miguelzinho.

O Blog adianta o que "O Liberal" mente e o que omite o "Diário do Pará" em sua matéria de capa.

As Falas da Pólis, manifesta solidariedade à Família e cobra das autoridades competentes a devida apuração do caso, já que o "acidente" foi um crime. Isso mesmo, um crime cometido por um sargento (na reserva) da PM, que acompanhado de mais dois membros da coorporação, ao retornarem da ilha de Caratateua-Outeiro, apanharam a mãe e irmã do referido companheiro, desprevinidas, em plena Augusto Montenegro, jogando-as às alturas, de onde caíram já desfalecidas devido a alta velocidade do impacto do veículo, irresponsavelmente dirigido pelo ex-policial.


Testemunhas afirmaram no local do crime, que depois de matarem mãe e filha - a filha era mãe de uma criança de 09 anos e dois adolescentes de 14 e 15 anos. Todos assistiram o lamentável fato) que o ex-sargento, ao tentar empreender fuga, foi interceptado por uma Van, que os obrigou a parar o veículo e além dos três polícias, levava duas mulheres de identificação desconhecida até o momento, desaperecidas do local logo após o fato.


A polícia, chamada pelos próprios militares, quebrou todos os recordes de agilidade, disse uma testemunha que presenciou o fato. "aqui, as gangues se matam, há diversos acidentes, quase que semanalmente e nunca havia visto uma viatura chegar tão rápido, como a que veio por primeiro, proteger os policiais de alguma "atitude" nossa", enfatizou o popular.


Miguelzinho, lembra indignado a postura dos policiais que atenderam o caso em primeira instância e afirma que "os policiais que levaram o motorista assassino e os demais comparsas que todos foram protegidos logo de cara, pelo coorporativismo existente na polícia e levados para os exames de dosagem alcoólica e tóxicológica, mas da hora da partida áte a chegada ao IML, passaram-se mais de 04 horas, lá os mesmos, se recusaram a prestar os exames e havia forte tendência à proteção destes, por parte do delegado da Seccional de Icoaraci."


O enterro acontecerá às 14:00h, mas a reunião de diversas lideranças políticas junto à família, como o Vereador Adalberto Aguiar e presidente do PT-Belém, Silvio e Socorro Brasil, presidente da Fundacentro e Coordenadora da Escola de Governo, respctivamente, além de diversos servidores da COHAB, de onde Miguel é Assessor Especial, revelou que a impunidade será afastada com a garra de todos que presenciaram os momentos de profunda dor da família.


Manifestações do Ministério das Cidades e outros representantes de orgão públicos e amigos chegam para fortalecer o companheiro e mostrar-lhe solidariedade.
Um detalhe é comum na diversidade: Todos querem que este crime seja o ponto de partida para uma emblemática mudança, no paradgma da impunidade existente nos crimes de trânsito.

Cabe prisão?

Com a palavra, os leitores.

segunda-feira, dezembro 24, 2007

ENTÃO É NATAL !


Hoje é o dia de confraternizaçã o dos cristãos, a maioria do povo brasileiro. No Natal, as famílias se encontram e celebram um momento coletivista, raro em nossa sociedade. No fim das contas, judeus, ateus, agnósticos e todos as demais minorias acabam participando pela confraternização em si, independente da data.

Nesse momento, onde estão ali gerações distintas, vale a pena transmitir recados valiosos em mensagens simples, mas que sejam úteis a quem as recebe. E que possa trazer resultado prático no novo ciclo de vida que se renova a cada fim de ano.

Minha mensagem se baseia na carta que o centenário arquiteto Oscar Niemeyer recebeu de Fidel Castro, o também longevo líder cubano. Entre outros elogios, Fidel levantava os seguintes comentários, que trago para sua reflexão:

"Ler:

- É uma proteção contra todo tipo de manipulação(...)
- Desenvolve a mente
- Fortalece a inteligência
- Estimula o senso crítico
- É um antídoto contra os instintos egoístas do ser humano

"Portanto, LEIA MAIS! Esse é o singelo recado que sugiro que transmita a cada pessoa que celebrar esta noite de Natal. Se essa mensagem tocar algumas pessoas, no mínimo, pode ter certeza, alguém no próximo Natal lhe agradecerá por esse recado, e sem dúvida, sua reunião de Natal será ainda mais interessante, mais assuntos, mais viva. Ofereça então esse presente útil aos seus familiares nessa noite. Até porque, parece que ler ajuda a ter vida longa e produtiva... Saudações a todos

Sergio Telles - Compilação da lista Tribuna da Internet

domingo, dezembro 23, 2007

Retrospectiva 2007 (Parte II)


O Blog aguarda ainda a decisão de Mário Cardoso sobre deixar a SEDUC para assumir a candidatura a prefeito de Belém.


Entre as diversas opiniões, há quem torça que isso aconteça, assim estaria consolidada a vontade de parte da DS que defende o nome da professora e Antropóloga Edilza Fontes à pasta mais cobiçada por ela, inclusive, afirma uma fonte da DS de Ana Júlia e Cia.

Professora da UFPA, Edilza, compentente e braço direito de Ana Júlia, foi ainda na transição, cogitada para ser chefe da casa civil e acabou indo para a Escola de Governo, onde até hoje o site oficial do governo a mantém nesta função, mas que na verdade assume tarefas como superintendente do PTP. Cabe lembrar que até hoje não definiu a forma concreta com que o Conselho do PTP vai atuar no controle social deste governo democrático-popular.


Mesmo assim, Edilza representa o secretário José Júlio em diversas atividades e este com a pasta do ex-secretário de Planejamento Carlos Guedes, o qual, não passou muito tempo desempregado, pois logo em seguida de sua renúncia ao cargo, foi convidado para ser assessor do Ministério do Desenvolvimento Agrário.


Saiu insatisfeito com o esvaziamento de sua secretária, onde os irmãos Monteiro, possivelmente teriam mexidos as pedras do tabuleiro do governo. É a DS que outrora, criticava os grupos internos mais antigos no PT por não terem sua "unidade".

Foto de Elizeu Dias - Agência Pará

Retrospectiva 2007 (Parte I)



2007 foi mesmo um ano ímpar, me disse uma amigo..eu ligth que estava, disse-lhe: é claro, todos não o são ?!
Mas algo este ano nos deixou de certa forma mais reflexivos - ou seria flexivos - politicamente falando e eu e ele fomos lembrando...


Em 2006, assistimos Lula, vir à Belém e em plena Av. Pedro Miranda sob o sol escaldante pedir voto e apoiar Ana Júlia e Priante ao mesmo tempo, no mesmo bate-palanque com Jáder Barbalho, Paulo Rocha e Ademir Andrade, três notórios líderes políticos, arrolados em processos por acusações de envolvimento ilícito com recursos de campanha e coisas do genêro. Lá, Lula-aqui disse uma de suas frases que entraram para a história deste país: "Hoje aqui está tendo uma aula de articulação política". E era mesmo verdade. A mídia se roeu!

Quanto às denúncias cabe a apuração rigorosa e agora todas são de responsabilidade da justiça. Ana Júlia, Zé Geraldo e Beto Faro, também sofreram os últimos anos com sérias acusações com supostos envolvimento com fazendeiros e madeireiros do Estado. Sem falar da operação da PF, que levou algemadas 18 pessoas, entre elas o ex-senador Ademir Andrade em 2006 (mas é outro ano, não cabe mais lembrar, ou cabe?)

Ou seja, levianos ou não os fatos precisam de apuração o mais rápido possível para não exporem vítimas e/ou responsabilizar por seus crimes aqueles que desviam suas funções públicas, causando prejuízo à nosso pobre povo e virem à tona cada período de dois em dois anos, para depois desçarem em paz nas gavetas de nosso sistema judiciário até retomarem seu folêgo novamente em outra eleição.

Jader, temporariamente esquecido pelos noticiários e inimigos, aplaudiu em ao ver a polícia federal que outrora, lhe pulsera a “pulseira do Roberto Carlos”, colocar a mesma prateada em outras personas da política Paraoara, como na ação que finalizou com a prisão de dezoito pessoas entre elas, o ex-senador Ademir Andrade em 2006. A pergunta que fica no ar é quem em 2008 poderá imputar o dedo na face do outro para dizer algo, sem ter que esperar a recíproca, mesmo que seja apenas perseguição política*, as acusações que recaem sobre si?

O filho do ex-governador aposentado, o peralta Marcelo Gabriel, sócio-proprietário da empresa onde foram executados os irmãos Novelino - que também, não devem ter ido para o céu - está todo enrolado.
Resta ainda a equipe dos 12 anos de tirania tucana e "democrata", ah...Mas dessa galera, mexendo aperece muita coisa...é só mexer!

Vejam aí o desdobramento da operação Rêmora e das investigações do MP, em cima do Ex-secretário de Almir Gabriel, o marginal de vulgo Dr.Fernando Dourado que quando secretário de saúde se lambusou nas contas da SESPA ao qual contratava empresas de seus familiares, com superfaturamentos gigantescos em benefício próprio de ao certo de seus padrinhos Vic/Valéria Pires Franco.

No mais, faltou o Dudu encarar um xadrez, mas este de caso antigo com juízes e juízas, se livra dos delitos que insiste em cometer contra a ordem pública e o povo desta cidade. Mas um dia o pau acha ele e tomara que este pegue uma cana-dura, pois provas contundentes ele coleciona à décadas, assim como o Senador Mário Couto e tantos outros larápios que soltos mantém suas contas (não cuecas, pois são profissionais) cheias de dinheiro público.

Ainda teremos cenas nos próximos capítulos com mais gente graúda outrora, caíndo como jaca madura.

Ninguém Merece


A PRODEPA sofreu intervenção judicial para reintegrar servidores que foram vítimas de assédio moral e como consequência foram afastados pela direção do orgão. A CUT comprou à favor dos trabalhadores e apoiou os servidores na busca jurídica por seus postos de trabalho.

Mesmo assim havia resitência por parte da direção que sugeriu que os servidores - mesmo com mandato judicial nas mãos - "ficassem em casa esfriando a cabeça" . Uma afronta à Justiça e aos direitos dos servidores públicos.

Além da Prodepa, trabalhadores da COSANPA atravessam uma onda de autoritarismo e desmando.

Pior: Nos dois orgãos, esses atos partem por dirigentes que se dizem petistas!

Aos tiranos pós-modernos: Se toquem se não papai-noel não deixará nada ao lado da lareira de vossas casas e ainda pode tomar a estrelinha vermelha que fica guardada na gaveta dos seus gabinetes!

O Blog estará vigilante quanto à postura reacionária em torno dos dois orgões estaduais. "Chega disso neste Estado", não foi isso que foi dito e repetido pela governadora?

Happy Birthday, ou seja, Parabéns!



Está de pé no berço, a governadora Ana Júlia.

Pelo que tudo indica, não haverá parabéns públicos nem tão pouco festa à governadora capricoriana, mas de qualquer forma o blog deseja saúde e serinidade à primeira governadora eleita pelos votos de milhares de pessoas que aguardam ansiosos mais e melhores mudanças neste imenso Estado do Pará.

Parabéns!

Foto: Eunice Pinto. Agência Pará

sábado, dezembro 22, 2007

Brincadeira de gente adulta e imprudente


Uma menina de 11 anos morreu afogada em uma das piscinas da sede social do Clube do Remo, no bairro de Nazaré, na manhã deste sábado (22). A estudante Samara Carolina Souza Nascimento estava na companhia de uma irmã de 15 anos e de colegas do colégio Tiradentes I, um deles atleta de basquete do clube, no momento do acidente, por volta das 9h30. A menina não sabia nadar.


Testemunhas contaram que a menor, inicialmente, estava na piscina pequena do clube e depois passou para a piscina de adultos, onde estavam os outros adolescentes. 'Estava todo mundo junto, quando vimos ela já estava se afogando. Foi tudo muito rápido', contou o estudante Márcio Chagas Barros, de 14 anos. Ele é o atleta com quem a menina e a irmã entraram no clube.


Ainda segundo o adolescente, os colegas retiraram Samara da piscina e chamaram uma enfermeira do clube, que tentou reanimar a menina. Uma viatura do resgate do Corpo de Bombeiros passava pelo local na mesma hora e foi acionada. Os bombeiros também tentaram reanimar Samara, que já estava morta.


A família da menina foi avisada por telefone e a mãe e uma tia se deslocaram do bairro do Jurunas, onde moram, até a sede do Remo. Desesperada, a mãe de Samara, a dona de casa Ruth do Socorro Santos de Souza, chorava abraçada ao corpo da garota.


A tia, Rosa Helena Santos, contou que Samara mentiu para família antes de ir tomar banho de piscina no Remo. 'Ela acordou cedo e disse que ia fazer um trabalho da escola, a gente acreditou e deixou ela ir. Nunca passou pela nossa cabeça que ela viria para cá e nem que tinha levado roupa de banho', contou.


No colégio Tiradentes, Samara e a irmã Suzane, encontraram Márcio Barros e mais dois amigos. De lá eles seguiram para a sede do Remo. A tia não soube informar se Samara já tinha mentido outras vezes para ir tomar banho de piscina no clube. 'Se ela mentiu antes, não sabemos, mas infelizmente isso aconteceu hoje', afirmou.


Mãe e tia disseram não ser sócias do clube e se indagavam como as meninas tinham entrado no local. 'Nunca viemos aqui, não somos sócias desse lugar', afirmaram. 'Só sabemos que um porteiro deixou eles [o grupo de adolescentes] entrarem, porque elas estavam junto com um atleta daqui', complementaram. O porteiro do clube, que pediu para não ser identificado, confirmou só ter deixado a menina entrar porque ela estava com Márcio Barros.No momento do acidente não havia salva-vidas monitorando a piscina do Remo. Também não havia nenhum responsável pela sede quando o afogamento aconteceu. Um conselheiro do clube informou que neste sábado as piscinas só abririam ao meio-dia. 'Infelizmente foi uma fatalidade isto que aconteceu', afirmou.


Ainda segundo outros sócios que estavam no local, os adolescentes teriam pulado o alambrado - que estava fechado - para chegar até a piscina.


Polícia - Uma viatura da 2ª ZPol esteve no local para procedimentos e encaminhou a mãe da menor para a Seccional de São Brás.


Lá, ela registrou queixa do afogamento e o caso está sob responsabilidade da delegada Maria Lúcia Costa. Segundo policiais de plantão na delegacia, o porteiro da sede social, além de testemunhas e responsáveis pelo clube serão chamados para prestar depoimento.


A polícia solicitou a remoção do corpo ao Instituto Médico Legal, do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves. O cadáver deu entrada no centro por volta das 13h50.

O corpo de Samara Carolina foi liberado para sepultamento no final da tarde deste sábado.

Redação On Line do Portal ORM.

Num País sério, ou se a vítima fosse filha de um sócio-remido, ou parlamentar, empresário, entre outros abençoadas pela “graça divina do dinheiro e do poder” a polícia lavraria um Flagante na hora em quem quer que estivesse responsável pelo clube e no mínimo encerraria a festa de confraternização que transcorreu normalmente, mesmo depois do trágico desfecho naquele local.

Cabe apuração séria sobre os responsáveis e repensarmos sobre nosso espaços de lazer, sonegados pelos gestores aos moradores de áreas periféricas, assim como a DESPROTEÇÃO SOCIAL de nossas crianças e adolescente, pobres pra variar!

segunda-feira, dezembro 17, 2007

O RECADO DO PT MAJORITÁRIO

Majoritário no PT, agora só o que há é o recado da Militância e foi com esse espírito que ontem se deu o fim do 2º turno do Processo de Eleição Direta do Partido dos Trabalhadores.
Com a vitória de Berzoini na Chapa Nacional, João Batista na Estadual e Adalberto Aguair em Belém e na maioria dos municípios paraenses, a tendência do Presendente Lula em conjunto com setores progressista do PT com seus militantes históricos, manda seu recado para a sociedade.

terça-feira, dezembro 11, 2007

UEPA e a História do PT

A UEPA espera ansiosa pela nomeação do reitor eleito, Sr. Silvio Gusmão. O Sentimento é de todos os professores, estudantes e servidores que lhe confiaram a vitória sobre os demais candidatos, entre eles o secretário adjunto da SEDUC, o Bira. Como todos sabem a campanha deste foi super-estruturada, lembrando outros candidatos apoiados pelos governos passados, onde esbanjava-se finanças. Assim, é compreensível o temor de que haja um golpe na democracia e que Bira venha a ser indicado pelo governo, através da lista tríplice, criada pelos milícos em plena ditadura para impor na marra a vontade de quem estava no poder. Mário Cardoso, atual secretário da SEDUC, passou pela mesma ansiedade que Silvio Gusmão hoje atravessa. Criticou na mídia a caneta tucana que nomeou outro que não havia sido eleito, assim como diversas lideranças do PT que o defenderam. Resta saber qual a posição de todos que estão no governo diante do impasse criado com a afirmação de quem ganha, nem sempre há de levar. A UEPA e nossa história esperam coerência.